Lar São João de Deus em Mogadouro regista a terceira morte

25 de Janeiro 2021

O Lar São João de Deus, da Misericórdia de Mogadouro, distrito de Bragança, registou a terceira morte de um utente associada à Covid-19, tarando-se de uma mulher com 97 anos, disse esta segunda-feira à Lusa o provedor da instituição.

“Temos a lamentar o terceiro óbito na instituição que foi registado na noite de sábado. Trata-se de uma senhora com 97 anos que tinha múltiplas patologias associadas”, disse João Henriques.

Atualmente, no Lar São João de Deus há 42 utentes e 18 funcionários infetados com o vírus SARS-CoV-2, que provoca a doença Covid-19.

Segundo o provedor, durante o dia de hoje vão ser testadas mais 68 pessoas, das quais 35 são utentes e 33 funcionários.

O provedor explicou que “durante quase um ano foi conseguido que o novo coronavírus não entrasse nos três lares tutelados pela misericórdia e na Unidade Cuidados Continuados (UCC)”.

Segundo João Henriques, há dois utentes hospitalizados e todos “estão assintomáticos ou com sintomas ligeiros”.

O primeiro caso de infeção na Estrutura Residencial São João de Deus, que conta com 84 utentes e 64 funcionários, aconteceu no início do ano.

O provedor disse ainda que nas outras valências da Misericórdia já foram vacinados 85 utentes e 70 funcionários.

Em Portugal, morreram 10.469 pessoas dos 636.190 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Centro de Saúde de Óbidos reabre na sexta-feira

O Centro de Saúde de Óbidos vai reabrir na sexta-feira, após uma requalificação de mais de meio milhão de euros financiados Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), informou a Unidade Local de Saúde (ULS) do Oeste.

Papa levado para o hospital para fazer exame médico

O Papa Francisco foi levado hoje a um centro médico ligado do hospital Gemelli, na ilha Tiberina, em Roma, para um exame médico após a audiência geral no Vaticano, disseram fontes do Vaticano à agência de notícias ANSA.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights