Espanha atinge dez milhões de casos de Covid-19

2 de Fevereiro 2022

A Espanha contabilizou 77.873 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, com o país a passar a barreira das 10 milhões de infeções registadas desde o início da pandemia em 2020, indicou esta terça-feira o Ministério da Saúde espanhol.

No total, o país soma 10.039.126 pessoas infetadas pelo coronavírus SARS-CoV-2 desde o início da crise pandémica, mais de um quinto da população espanhola de cerca de 47 milhões de habitantes.

De acordo com os últimos números do Ministério da Saúde espanhol, morreram 408 pessoas nas últimas 24 horas, o que eleva o total de óbitos associados à doença Covid-19 para 93.633.

A incidência acumulada de contágios pelo novo coronavírus caiu ontem para 2.694 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes, notificados nas últimas duas semanas, uma diminuição de 185 pontos desde o dia anterior, segundo as autoridades sanitárias.

As comunidades autónomas com maior incidência acumulada de contágios são as da Catalunha (4.675) e de Múrcia (3.944).

O número de doentes hospitalizados diminuiu para 18.087 (eram 18.735 na segunda-feira), o que corresponde a 14,5% da ocupação de camas hospitalares, encontrando-se 2.054 pacientes nas unidades de cuidados intensivos (2.107 na segunda-feira) que ocupam 21,7% das camas desses serviços.

A pressão hospitalar, medida através da percentagem de ocupação de camas de doentes com Covid-19 nas unidades de cuidados intensivos, é maior nas comunidades da Catalunha (40,0%) e de Aragão (33,8%).

A Covid-19 provocou pelo menos 5.671.154 de mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse (AFP).

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

A nova variante Ómicron, classificada como preocupante e muito contagiosa pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral e, desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta em novembro, tornou-se dominante em vários países, incluindo em Portugal.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Doenças evitáveis por vacinação estão a aumentar na Europa

As doenças evitáveis por vacinação estão a aumentar nos países da União Europeia (UE) e do Espaço Económico Europeu (EEE), alertou esta segunda-feira o Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) no âmbito da Semana Europeia da Vacinação.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights