Governo anuncia fim da obrigatoriedade de teste para recintos desportivos e grandes eventos

17 de Fevereiro 2022

O acesso a recintos desportivos e grandes eventos vai ser possível sem teste negativo ao coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19 “nos próximos dias”, revelou esta quinta-feira a ministra Mariana Vieira da Silva, após o Conselho de Ministros.

Entre as várias medidas de alívio das restrições face à pandemia anunciadas hoje foi determinado o fim da “exigência de teste negativo para acesso a grandes eventos, recintos desportivos”, tal como no acesso em bares e discotecas.

Questionada pelos jornalistas, e sem divulgar o calendário de aplicação destas decisões, a ministra da Presidência ressalvou que vai manter-se a obrigatoriedade do uso de máscara nos recintos desportivos ao ar livre, bem como nas salas de espetáculos.

“Relativamente à utilização da máscara, ela permanece obrigatória em todas as situações em que é hoje obrigatória. Em situações de espaços de acesso ao público, sejam serviços públicos ou espaços comerciais interiores, nas salas de aula, mas não nos recreios, e nos eventos de muito grande dimensão, como são os exemplos dos estádios de futebol, que, apesar de serem ao ar livre é obrigatória. Nesta fase, mantém-se as medidas de utilização da máscara”, explicou.

Desde 25 de dezembro de 2021, o acesso a eventos desportivos e culturais estava condicionado à apresentação de teste negativo ao coronavírus, independentemente no número de espetadores.

Até essa altura, desde 27 de novembro, já era obrigatória a apresentação de um teste com resultado negativo ao coronavírus à entrada dos recintos desportivos ao ar livre com capacidade acima de 5.000 espetadores e superior a mil em recinto fechado.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Projeto liderado pela ESEnfC vence Prémio Erasmus+

O projeto europeu de capacitação para a prática de cuidados de enfermagem multiculturais, “MulticulturalCare”, liderado pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC) e com coordenação da professora Ana Paula Monteiro, foi vencedor do Prémio Erasmus+ na categoria de Parcerias de Cooperação no Ensino Superior do ano 2023, foi anunciado na última terça-feira.

Sindepor vai impugnar concurso da ARS Norte

O Sindicato Democrático dos Enfermeiros (Sindepor) vai “contestar juridicamente a alteração súbita das regras de um concurso destinado à contratação de 61 enfermeiros para a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte”, divulgou hoje o Sindepor.

Número de mortos em esfaqueamento na Austrália sobe para seis

O número de vítimas mortais do esfaqueamento que ocorreu hoje num movimentado centro comercial em Sidney, na Austrália, subiu de cinco para seis, depois de um dos feridos hospitalizados ter sucumbido aos ferimentos, confirmou a polícia australiana.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights