Gaia avança com projeto de apoio a profissionais e cuidadores de pessoas com Covid-19

4 de Março 2022

A Associação de Desenvolvimento Regional Integrado das Terras de Santa Maria (ADRITEM) vai implementar, em Vila Nova de Gaia, um projeto que visa combater quadros de ansiedade e depressão de profissionais e cuidadores de pessoas com Covid-19.

De acordo com a proposta de protocolo que vai segunda-feira a reunião de Câmara em Gaia, no distrito do Porto, o projeto vai abranger 200 pessoas, sendo dedicado a profissionais de saúde, técnicos de instituições e cuidadores informais com especificidade no cuidado a pessoas com diagnóstico covid-19.

Com um financiamento superior a 123 mil euros, o ‘Urban Farmers’, em português Agricultores Urbanos, visa o combate de sintomatologia ansiosa, depressiva, de stress e de ‘burnout’ através de atividades de agricultura, horticultura e floricultura em meio urbano, bem como atividades promotoras de outras formas de interação social e da adoção de estratégias de gestão e controlo emocional.

A Câmara de Vila Nova de Gaia comparticipa o projeto com 30% do valor total e assume a aquisição dos ‘kits urbanfarmer’.

Na prática, se o protocolo com a ADITREM merecer aprovação segunda-feira, será constituído o Clube Urban Farmers e dinamizado um programa de saúde e bem-estar nas instalações dos beneficiários.

Agro-terapia, meditação e yoga no dia a dia laboral são algumas das atividades que constam do projeto.

“O objetivo é promover a génese de espaços promotores do relaxamento e desconexão em contexto profissional, e criar uma comunidade de aprendizagem e entreajuda cataterizada pela troca de experiências e partilha de recursos entre os beneficiários”, lê-se na proposta.

A reunião de executivo camarário de segunda-feira também servirá para discutir a prorrogação do prazo para assunção das competências da Ação Social, uma solicitação feita por vários Municípios e que resultou na publicação a 14 de fevereiro de um Decreto-Lei que permite adiar a transferência para janeiro de 2023.

Na segunda-feira será ainda discutida a campanha “SOMOS TODOS UCRÂNIA” que junta Gaia, Porto e Matosinhos.

A iniciativa inclui a criação de um ‘site’ para apoiar e centralizar respostas humanitárias e a recolha de bens no âmbito da Frente Atlântica.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Projeto liderado pela ESEnfC vence Prémio Erasmus+

O projeto europeu de capacitação para a prática de cuidados de enfermagem multiculturais, “MulticulturalCare”, liderado pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC) e com coordenação da professora Ana Paula Monteiro, foi vencedor do Prémio Erasmus+ na categoria de Parcerias de Cooperação no Ensino Superior do ano 2023, foi anunciado na última terça-feira.

Sindepor vai impugnar concurso da ARS Norte

O Sindicato Democrático dos Enfermeiros (Sindepor) vai “contestar juridicamente a alteração súbita das regras de um concurso destinado à contratação de 61 enfermeiros para a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte”, divulgou hoje o Sindepor.

Número de mortos em esfaqueamento na Austrália sobe para seis

O número de vítimas mortais do esfaqueamento que ocorreu hoje num movimentado centro comercial em Sidney, na Austrália, subiu de cinco para seis, depois de um dos feridos hospitalizados ter sucumbido aos ferimentos, confirmou a polícia australiana.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights