Estados Unidos aprovam primeira app para aplicação de insulina

A aplicação (app) permite que os usuários verifiquem os níveis de glicose no organismo, além de criar alertas para desequilíbrios hormonais.

17A aplicação (app) permite que os usuários verifiquem os níveis de glicose no organismo, além de criar alertas para desequilíbrios hormonais.

A Food and Drug Administration (DFA), agência do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, aprovou recentemente a primeira aplicação de smartphone que automatiza a libertação de doses de insulina para os doentes diabéticos.

A empresa Tandem Diabetes Care, fabricante norte-americana de equipamentos médicos, desenvolveu uma app — compatível com iOS e Android — que se liga à bomba de insulina da marca e dispensa a substância nos horários e quantidades programados.

De acordo com a Tandem, o aparelho é pioneiro no setor, já que as bombas de outros fabricantes precisam ser acionadas manualmente pelo usuário.

Além de estabelecer horários fixos para a dispensa da insulina, a nova app permite o cancelamento, além do ajuste de doses e horários.

Novas atualizações da aplicação também permitirão que os usuários programem doses de insulina em bolus (grandes quantidades), que são essenciais para manter as quantidades de glicose sob controle após as refeições.

John Sheridan, CEO da Tandem Diabetes Care, afirmou que o desenvolvimento de uma aplicação como esta é uma solução mais “conveniente e discreta” para os pacientes diabéticos.

A app t:connect é um sinal do rápido desenvolvimento de novas tecnologias disruptivas no mercado de biotecnologia global. A versão atual, que permite a visualização das quantidades de açúcar no sangue de usuário, históricos de aplicação de insulina e alertas de desequilíbrio da hormona, já está disponível nos Estados Unidos.

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Share This