Distinguido projeto que investiga eficácia do ecógrafo de bolso no diagnóstico da pneumonia

18 de Novembro 2022

O Prémio MSD Investigação em Saúde 2022 foi entregue ao projeto "Acuidade diagnóstica da ecografia digital pulmonar de bolso para definição etiológica e vigilância de complicações de pneumonia em crianças internadas".

O projeto foi desenvolvido pelo Centro Materno Infantil do Norte, do Centro Hospitalar Universitário do Porto e tem como objetivo testar a utilização e eficácia da ecografia pulmonar de bolso no diagnóstico de pneumonia, reduzindo a utilização indevida de antibióticos.

Em comunicado, a MSD refere que “tradicionalmente, pulmão não era considerado um alvo para a ecografia devido à incapacidade de penetrar estruturas anatómicas cheias de gás. No entanto, com o avançar do conhecimento, a equipa percebeu que este exame pode ser muito útil, não só na avaliação das complicações da pneumonia, como também no estudo do próprio tecido pulmonar.”

A ecografia pulmonar de bolso consiste num “pequeno dispositivo, que pode ser transportado no bolso da bata do médico, fornecendo assim um maior conforto e tranquilidade à criança. Através da transmissão Bluetooth para smartphone/tablet, permite a visualização do pulmão em tempo real, economizando tempo e permitindo um diagnóstico e tratamento mais céleres.”

Apesar da evidência da utilidade da ecografia no diagnóstico da pneumonia, a utilização primária, sobretudo do ecógrafo de bolso, ainda não faz parte da prática clínica pediátrica. Por esse motivo, a equipa do Centro Materno Infantil do Norte pretende dar formação, disseminar e tornar esta técnica acessível a todos os Serviços de Pediatria, implementando-a de forma consistente em todo o país.

O vencedor da 4.ª edição do Prémio MSD Investigação em Saúde foi revelado durante a Conferência Leading Innovation, Changing Lives, que decorreu no passado dia 5 de novembro. O protocolo recebeu um prémio no valor de dez mil euros para apoiar a implementação desta nova técnica de diagnóstico.

PR/HN/Vaishaly Camões

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Luís Meira diz que Força Aérea não tinha meios para ajudar INEM

O presidente demissionário do INEM revelou hoje que quando o instituto foi forçado a reduzir o serviço de helicópteros durante a noite, no início do ano, contactou a Força Aérea, que disse não ter meios para poder garantir a resposta necessária.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights