Apreendido em 2022 fentanil suficiente para matar todos os norte-americanos

21 de Dezembro 2022

As autoridades dos Estados Unidos apreenderam em 2022 fentanil suficiente para matar toda a população do país, divulgou esta terça-feira a agência antidroga norte-americana (DEA), alertando para o perigo mortal representando por este opiáceo sintético.

A agência antidroga referiu que apreendeu 50,6 milhões de comprimidos falsificados que continham fentanil e 4,5 toneladas de fentanil em pó durante este ano.

O material apreendido equivale a “mais de 379 milhões de doses potencialmente fatais”, destacou a DEA.

O fentanil, que representava apenas uma pequena fração das mortes por overdose há uma década, é agora “a ameaça de drogas mais mortal do país”, realçou.

“É um opiáceo sintético altamente viciante e 50 vezes mais potente que a heroína. Apenas dois miligramas de fentanil, a pequena quantidade que cabe na ponta de um lápis, é considerada uma dose potencialmente letal”, destacou a DEA.

Esta droga é a principal causa de mais de 107 mil mortes por overdose nos Estados Unidos, entre julho de 2021 a junho de 2022, segundo dados oficiais.

Barato e relativamente fácil de fabricar, o fentanil superou os opiáceos prescritos e a heroína no mercado ilegal de drogas.

Segundo a DEA, os principais fornecedores de fentanil para os Estados Unidos são os cartéis mexicanos de Sinaloa e Jalisco.

O fentanil destes cartéis é fabricado no México com produtos químicos oriundos “principalmente da China”, sublinhou a agência.

Alguns são distribuídos na forma de medicamentos falsificados, como Percocet, OxyContin e Xanax, de acordo com a mesma fonte.

Cerca de 60% dos medicamentos falsificados que contêm fentanil testados pela DEA continham doses desta droga sintética que representavam risco de vida.

Em 2019, o Departamento de Segurança Interna já considerava classificar o fentanil uma arma de destruição em massa, dada a sua “alta toxicidade e a crescente disponibilidade da droga”.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

APAH defende autonomia após ministra anunciar auditoria

 A Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH) defendeu hoje autonomia para as administrações tomarem decisões, depois de a ministra da Saúde anunciar a criação de uma comissão para auditar os conselhos de administração dos hospitais.

Enfermeiros denunciam situação “explosiva” na Linha SNS 24

A Linha SNS 24 vive uma situação “explosiva” e, entre os enfermeiros que prestam serviço nesta linha de atendimento, já se fala em paralisação. A denúncia é feita pelo Sindicato dos Enfermeiros (SE), que teve conhecimento do caso por meio de uma exposição dos enfermeiros que ali prestam serviço, em tempo parcial.

Violência contra a pessoa idosa em debate

A Câmara Municipal de Ponta Delgada (São Miguel, Açores) promove na próxima sexta-feira, às 9h30, uma palestra subordinada ao tema da consciencialização da violência contra a pessoa idosa, isto na véspera do dia mundial que lhe é dedicado pela Organização das Nações Unidas.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights