Pandemia foi a 3.ª causa de morte em 2020 na União Europeia

7 de Março 2023

A principal causa de morte em 2020, na União Europeia (UE), foram as doenças cardiovasculares e não a covid-19, que ficou em terceiro lugar no ano em que se tornou uma pandemia, divulga hoje o Eurostat.

De acordo com os dados do serviço estatístico europeu, as doenças cardiovasculares – as que afetam o sistema circulatório, ou seja, o coração e os vasos sanguíneos (artérias, veias e vasos capilares) – foram, no ano em que a pandemia da covid-19 chegou à Europa, a principal causa de morte em 23 Estados-membros, com exceção para a Dinamarca, França, Irlanda e Países Baixos, onde prevaleceram as mortes por cancro.

Estes dois grupos de doenças foram os mais fatais na UE, com um total de 1,7 milhões de óbitos por doenças cardiovasculares e 1,2 milhões por cancro.

No ano em que a pandemia se iniciou, a covid-19 – causada pelo vírus SARS-CoV-2 – foi a terceira maior causa de morte, com quase 439 mil mortes.

Segundo os dados mais recentes da Organização Mundial de Saúde, até 28 de fevereiro último, a pandemia – declarada em 11 de março de 2020 – tinha já causado 6.859.093 mortes em todo o mundo.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Dois anos depois, acesso ao aborto divide Estados Unidos ao meio

A decisão do Supremo Tribunal dos Estados Unidos de revogar o direito federal ao aborto, tomada há dois anos, dividiu profundamente o país no que diz respeito ao acesso a cuidados de saúde. Atualmente, em 21 estados norte-americanos, o procedimento é ilegal ou restrito.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights