Sindicatos dos enfermeiros desconvocam greve para setores privado e social

18 de Abril 2024

Os cinco sindicatos dos enfermeiros decidiram desconvocar a greve para os setores privado e social. Mantém-se em vigor, no entanto, o pré-aviso de greve para o Serviço Nacional de Saúde.

“Esta é uma decisão adotada após a ponderação feita pelas cinco estruturas sindicais no decurso de uma primeira ronda negocial com os parceiros sociais do setor Privado e Social e durante a qual foi manifestada a disponibilidade, por parte dessas instituições, em abrir uma mesa de negociações”, explica o Sindicato dos Enfermeiros, o Sindicato Independente Profissionais Enfermagem, o Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal, o Sindicato Independente de Todos os Enfermeiros Unidos e o Sindicato Nacional dos Enfermeiros.

No mesmo comunicado de imprensa, os sindicatos aproveitaram para saudar que tanto a Associação Portuguesa de Hospitalização Privada como os parceiros do setor social tenham disponibilizado já uma calendarização para a negociação e apresentado propostas que visam alcançar alguns dos objetivos das cinco estruturas sindicais. “Nomeadamente a revisão da tabela salarial e a vontade de negociar um Contrato Coletivo de Trabalho para os dois setores.”

A greve estava agendada para os dias 26, 29 e 30 de abril e 2 e 3 de maio.

No setor público, no entanto, mantém-se em vigor o pré-aviso de greve, “cabendo, atualmente, ao Ministério da Saúde dar mostras claras e inequívocas da real motivação para a negociação com os enfermeiros”.

PR/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Esclerose Múltipla

Cristiana Lopes Martins, fisiatra nos hospitais de Portimão e Lagos (Unidade Local de Saúde do Algarve) e na Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano; Eduarda Afonso, fisiatra no hospital de Faro (Unidade Local de Saúde do Algarve)

Enfermeiros querem reunir com António Gandra d’Almeida

O Sindicato Nacional dos Enfermeiros (SNE) saudou esta quarta-feira a eleição de António Gandra d’Almeida como novo diretor executivo do Serviço Nacional de Saúde. Em declarações ao nosso jornal, o responsável afirmou que vai solicitar uma reunião com António Gandra d’Almeida e a nova equipa.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights