Alemanha registou 12.321 novos casos e 794 mortes nas últimas 24 horas

30 de Janeiro 2021

A Alemanha registou 12.321 novos casos de covid-19 e 794 mortes nas últimas 24 horas, segundo dados do Instituto Robert Koch, que indicam que os principais números continuam a cair no país mais populoso da União Europeia.

De acordo com os dados do Instituto Robert Koch (RKI), os números são inferiores aos notificados na sexta-feira (14.022 novos casos e 839 mortes) e ao registados no último sábado (16.417 e 879).

O máximo de contágios diários na Alemanha foi registado em 18 de dezembro, com 33.777 novas infeções, e o de de óbitos em 14 de janeiro, com 1.244 mortes.

A taxa de incidência acumulada também continua a diminuir. Nos últimos dias, foram identificados 75.567 contágios em todo o país, o que representa 90,9 casos por 100.000 habitantes. No final de dezembro, o país chegou a atingir os 200 casos por 100.000 habitantes.

Desde o inicio da pandemia, a Alemanha registou um total de 2.205.171 casos do vírus SARS-CoV-2 e 56.546 mortes por covid-19.

Um total de 2.216.127 pessoas já receberam pelo menos a primeira dose da vacina contra a covid-19 na Alemanha, segundo os últimos dados oficiais, citados pela agência espanhola Efe.

O Governo alemão e os Estados federados não pretendem, neste momento, relaxar as restrições apesar desta tendência de descida, porque o objetivo é reduzir a incidência acumulada abaixo dos 50 casos por 100.000 habitantes para poder rastrear todas as infeções e quebrar as cadeias de contágio.

O lazer, a cultura, o desporto e a restauração estão fechados desde novembro, enquanto o comércio não essencial e as escolas também foram encerradas em meados de dezembro.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.191.865 mortos resultantes de mais de 101 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo o último balanço feito pela agência francesa AFP.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Estudo propõe critérios para atualização periódica do pagamento da hemodiálise

O estudo “Preço compreensivo da hemodiálise em Portugal”, do especialista em economia da saúde Eduardo Costa, conclui que a introdução de um modelo dinâmico de preço compreensivo e a eventual revisão do modelo de gestão integrada da doença renal crónica serão instrumentos cruciais para garantir a continuidade da excelência dos cuidados de hemodiálise.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights