Marcelo Rebelo de Sousa saúda “vacinas para todos” através da iniciativa Covax

24 de Fevereiro 2021

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, saudou esta quarta-feira a cooperação internacional para que haja "vacinas para todos" contra a Covid-19, congratulando-se com a entrega do primeiro lote ao Gana através da iniciativa Covax.

Numa nota publicada no portal da Presidência da República na Internet, o chefe de Estado defende “o acesso das populações de todo o mundo às vacinas” e aproveita para deixar uma referência sobre o processo europeu de vacinação.

“A colaboração multilateral é determinante para atingir este objetivo de forma sustentável, tal como o é na União Europeia, permitindo a Portugal ter acesso às vacinas ao mesmo ritmo dos outros Estados-membros, que todos esperamos se possa acelerar”, afirma.

Nesta mensagem, intitulada “Presidente da República saúda vacinas para todos”, Marcelo Rebelo de Sousa congratula-se com “o anúncio da Organização Mundial de Saúde (OMS) de que vai hoje ser entregue ao Gana o primeiro lote de vacinas contra a covid-19, financiado através da Covax, um mecanismo multilateral para a distribuição de vacinas”.

A iniciativa Covax é coliderada pela Aliança Gavi, organização internacional atualmente presidida por Durão Barroso, pela Coligação para a Inovação na Preparação para Epidemias (CEPI) e pela OMS.

O Presidente da República argumenta que “o acesso das populações de todo o mundo às vacinas é não só essencial para a saúde de cada qual, seja onde for que viva, como para a segurança sanitária de todos nós, pois enquanto não houver uma imunidade de grupo alargada não poderemos voltar a viver e a interagir como desejamos”.

“A cooperação e a partilha dos avanços tecnológicos, que têm permitido o desenvolvimento rápido de diversas vacinas, será determinante para tal e deve primar sobre considerações de oportunidade de política nacional ou internacional, pois está em jogo a saúde de todos”, reforça Marcelo Rebelo de Sousa.

Lusa/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Prémio de Investigação Noémia Afonso recebe trabalhos até 31 de julho

O Prémio de Investigação Noémia Afonso, promovido pela Sociedade Portuguesa de Senologia (SPS), anunciou a extensão do prazo de envio dos trabalhos até 31 de julho de 2024. A iniciativa tem como objetivo incentivar a cultura científica e fomentar a investigação clínica na área do cancro da mama.

Guadalupe Simões: Quantidade de atos “não se traduz em acompanhamento com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”

Esta sexta-feira, Guadalupe Simões, dirigente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, criticou a escolha do Governo de pagar pela quantidade de atos. “Quando o Governo diz que dá incentivos ou que dá suplementos financeiros se fizerem mais intervenções cirúrgicas, se tiverem mais doentes nas listas, se operarem mais doentes no âmbito dos programas do SIGIC, se, se, se, está sempre a falar de quantidade de atos, que não se traduz em acompanhamento das pessoas com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”, explicou ao HealthNews.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights