25/05/2021 | Covid 19, Lusa, Lusofonia, Notícias

Timor-Leste regista mais uma morte e terceiro pior dia de sempre com 198 casos

Timor-Leste registou esta segunda-feira o seu terceiro pior dia de sempre, com uma morte de uma pessoa com Covid-19 e 198 novas infeções com o SARS-CoV-2, quase todas na capital timorense, anunciaram as autoridades.

Em comunicado, o Centro Integrado de Gestão de Crise (CIGC) explica que a nova vítima é um homem de 35 anos, da zona de Hera, Cristo Rei, que estava doente há cerca de duas semanas em casa, com febre e tosse.

“Hoje a família contactou o 119 para informar que o homem tinha caído de repente em casa. A equipa conjunta chegou ao local, mas o homem já tinha falecido. Realizou um teste ‘post-mortem’ que confirmou que estava infetado com o SARS-CoV-2”, explica-se no comunicado.

“A família não aceitou o resultado do teste ou a realização do funeral de acordo com o protocolo da covid-19”, sublinha.

Esta é a terceira morte de uma pessoa com Covid-19 fora de uma unidade hospitalar, levando fontes do setor da saúde a manifestar preocupação à Lusa sobre se terá ou não havido outros óbitos de pessoas infetadas nos últimos meses.

Os responsáveis timorenses têm alertado nas últimas semanas que tem havido maior receio de pessoas doentes de procurarem hospitais com medo de serem testados à Covid-19.

“Se formos a ver a prevalência e partirmos do princípio que temos 50 mil infetados na comunidade em Díli, e com uma taxa de mortalidade de 0,2%, poderíamos ter pelo menos 100 óbitos em Díli”, disse à Lusa fonte do CIGC.

A morte fez aumentar para 14 o total de óbitos de pessoas com Covid-19 desde o início da pandemia em Timor-Leste.

Nas últimas 24 horas, as autoridades registaram 183 novas infeções em Díli, nove em Bobonaro, quatro em Baucau e duas em Covalima.

Com um total de 132 recuperações, o número de casos ativos atingiu um novo máximo de 2.666 e o total acumulado passou pela primeira vez a barreira dos 6.000 para 6.014.

De referir que 18,1% dos casos positivos registados mostravam sintomas da Covid-19, um dos valores mais altos de sempre.

Os casos positivos detetados em Díli correspondem a 13,9% dos 1.314 testes realizados, enquanto os detetados fora da capital correspondem a 2,4% dos 637 testes realizados.

A taxa de incidência na capital voltou a subir para 42,7/100 mil habitantes na capital timorense e a nível nacional aumento para 13,4/100 mil habitantes.

Atualmente, no centro de isolamento de Vera Cruz, em Díli, estão 35 pacientes, dos quais quatro em estado grave.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Share This