Vacina da Janssen recomendada para homens a partir dos 18 anos

9 de Junho 2021

A vacina contra a Covid-19 da Janssen, que estava recomendada para pessoas acima dos 50 anos, vai poder ser administrada a homens a partir dos 18 anos, indica uma norma da Direção-Geral de Saúde (DGS).

“Em Portugal, recomenda-se, à data, até novos dados serem conhecidos, que a covid-19 vaccine Janssen seja utilizada em pessoas do sexo masculino com idade igual ou superior a 18 anos”, refere a atualização da norma da DGS ontem publicada.

Segundo a entidade liderada por Graça Freitas, esta vacina de toma única também poderá ser administrada a mulheres com idade igual ou abaixo a 50 anos “que assim o desejem, se devidamente informadas, numa base de ponderação dos benefícios e dos riscos”, desde que manifestem o seu “consentimento livre e esclarecido”.

Em abril, a DGS publicou uma norma que indicava que a administração da vacina da Janssen (do grupo Johnson & Johnson) era recomendada para pessoas com pelo menos 50 anos de idade.

Esta norma surgiu após a Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla em inglês) ter concluído que havia uma possível relação entre a formação de coágulos sanguíneos e a vacina, na sequência de terem sido registados oito casos de pessoas que desenvolveram coágulos sanguíneos em quase sete milhões de pessoas vacinadas nos Estados Unidos.

De acordo com os dados da DGS, perto de quatro milhões de portugueses receberam a primeira dose das várias vacinas contra a Covid-19, o equivalente a 39% da população, e mais de 2,3 milhões têm a vacinação completa.

Em Portugal, morreram 17.037 pessoas dos 853.632 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

ULS de Braga celebra protocolo com Fundação Infantil Ronald McDonald

A ULS de Braga e a Fundação Infantil Ronald McDonald assinaram ontem um protocolo de colaboração com o objetivo dar início à oferta de Kits de Acolhimento Hospitalar da Fundação Infantil Ronald McDonald aos pais e acompanhantes de crianças internadas nos serviços do Hospital de Braga.

DE-SNS mantém silêncio perante ultimato da ministra

Após o Jornal Expresso ter noticiado que Ana Paula Martins deu 60 dias à Direção Executiva do SNS (DE-SNS) para entregar um relatório sobre as mudanças em curso, o HealthNews esclareceu junto do Ministério da Saúde algumas dúvidas sobre o despacho emitido esta semana. A Direção Executiva, para já, não faz comentários.

FNAM lança aviso a tutela: “Não queremos jogos de bastidores nem negociatas obscuras”

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) disse esta sexta-feira esperar que, na próxima reunião com o Ministério da Saúde, “haja abertura para celebrar um protocolo negocial”. Em declarações ao HealthNews, Joana Bordalo e Sá deixou um alerta à ministra: ” Não queremos jogos de bastidores na mesa negocial. Não queremos negociatas obscuras.”

SNE saúda pedido de relatório sobre mudanças implementadas na Saúde

O Sindicato Nacional dos Enfermeiros (SNE) afirmou, esta sexta-feira, que vê com “bons olhos” o despacho, emitido pela ministra da Saúde, que solicita à Direção-Executiva do Serviço Nacional de Saúde (DE-SNS) um relatório do estado atual das mudanças implementadas desde o início de atividade da entidade.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights