IPO
IPO do Porto inaugura Espaço Cidadão

IPO do Porto inaugura Espaço Cidadão

O Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto inaugura esta sexta-feira um Espaço Cidadão para permitir aos utentes e à comunidade em geral aceder a um conjunto de serviços, desde a revalidação da carta de condução à marcação de consultas.

IPO Lisboa lança concurso público para projeto de arquitetura do novo edifício

O Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil (IPO Lisboa) lançou esta semana o procedimento de aquisição do projeto de arquitetura para a construção do novo edifício de ambulatório. Os candidatos têm agora 30 dias desde a publicação em Diário da República esta quinta-feira, dia 9 de fevereiro, para apresentar as suas propostas.

Mário Dinis Ribeiro: Equipa do IPO-Porto “está atenta ao que vai sucedendo e inova ao serviço dos doentes”

Mário Dinis Ribeiro: Equipa do IPO-Porto “está atenta ao que vai sucedendo e inova ao serviço dos doentes”

O mundo parou para se dedicar à Covid-19, mas o Instituto Português de Oncologia continuou a cuidar dos doentes com cancro e a desenvolver investigação na sua área. No Porto, o IPO quis saber se é benéfico recorrer à inteligência artificial no diagnóstico dos doentes com síndrome de Lynch. O estudo desenvolvido neste âmbito (“Accuracy of Artificial Intelligence-based Colonoscopy in Lynch Syndrome: when you should never miss an adenoma”) foi um dos oito vencedores do Prémio de Pesquisa ESGE Medtronic. Nesta entrevista, o diretor do Serviço de Gastrenterologia do IPO-Porto, Mário Dinis Ribeiro, falou-nos deste projeto e dos quatro eixos de ação – que começam na prevenção e terminam no tratamento e cuidado dos servidores – que é preciso desenvolver para alcançar o “sonho” de ninguém morrer de cancro digestivo.

ÚLTIMAS

OMS lança iniciativa SPECS 2030

A Organização Mundial de Saúde (OMS) acaba de lançar a iniciativa SPECS 2030, inserida na Global SPECS Network que tem como principal objetivo unir uma rede global de participantes para atingir a meta global do erro refrativo para 2030, que consiste no aumento de 40% na cobertura efetiva desta patologia.

Os enfermeiros (também) são cientistas

Lara Cunha: Enfermeira Especialista em Enfermagem Médico-cirúrgica; Research Fellow na Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

49% das deslocações forçadas no mundo ocorrem em África

Conflitos, alterações climáticas, pobreza extrema e insegurança alimentar fazem disparar deslocações forçadas no continente africano e irão obrigar mais de 65 milhões de pessoas a fugir das suas casas até ao final de 2024. Subfinanciamento surge como principal ameaça à ajuda humanitária.

MAIS LIDAS

OPINIÃO

OMS lança iniciativa SPECS 2030

OMS lança iniciativa SPECS 2030

A Organização Mundial de Saúde (OMS) acaba de lançar a iniciativa SPECS 2030, inserida na Global SPECS Network que tem como principal objetivo unir uma rede global de participantes para atingir a meta global do erro refrativo para 2030, que consiste no aumento de 40% na cobertura efetiva desta patologia.

Os enfermeiros (também) são cientistas

Os enfermeiros (também) são cientistas

Lara Cunha: Enfermeira Especialista em Enfermagem Médico-cirúrgica; Research Fellow na Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

49% das deslocações forçadas no mundo ocorrem em África

49% das deslocações forçadas no mundo ocorrem em África

Conflitos, alterações climáticas, pobreza extrema e insegurança alimentar fazem disparar deslocações forçadas no continente africano e irão obrigar mais de 65 milhões de pessoas a fugir das suas casas até ao final de 2024. Subfinanciamento surge como principal ameaça à ajuda humanitária.

Verified by MonsterInsights