oftalmologia
Cinco conselhos para cuidar da sua visão durante a prática desportiva

Cinco conselhos para cuidar da sua visão durante a prática desportiva

Com o Dia Mundial da Atividade Física (6 de abril) a aproximar-se, a Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) alerta para o facto de a utilização de proteção ocular durante a prática desportiva reduzir em 90% o risco de lesão ocular, entre outros conselhos.

Bayer participa no COPHy 2024

A propósito do evento internacional ‘Congress on Controversies in Ophthalmology’ (COPHy), que se realiza entre esta sexta-feira e sábado, em Atenas, na Grécia, a Bayer marca presença e promove o simpósio ‘Um ponto de viragem nos cuidados da retina’. 

Especialistas realizam sessão de esclarecimento gratuita sobre o glaucoma

Especialistas realizam sessão de esclarecimento gratuita sobre o glaucoma

Três oftalmologistas da UOC – Unidade de Oftalmologia de Coimbra vão estar na próxima quinta-feira, dia 25 de janeiro, em direto, via Facebook, a responder a perguntas sobre o glaucoma, uma doença que pode provocar danos graves à visão se não for diagnosticada e tratada devidamente.

Bayer promove debate sobre doenças da retina

Bayer promove debate sobre doenças da retina

A Bayer vai marcar presença, este sábado, no 66.º Congresso Português de Oftalmologia, promovido pela Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO), com a dinamização de um simpósio dedicado à retinopatia diabética e à degenerescência macular da idade (DMI), com a apresentação dos resultados do inquérito ‘Barómetro da Oftalmologia’. O evento vai reunir oftalmologistas no Tivoli Marina Vilamoura Hotel.

Síndrome de Sjögren afeta cerca de três em mil portugueses

Síndrome de Sjögren afeta cerca de três em mil portugueses

A Síndrome de Sjögren (SS) é uma doença crónica sistémica, que afeta cerca de três em mil portugueses. Envolve maioritariamente as mulheres, e pode surgir em qualquer idade, embora a maioria dos casos se iniciem entre os 40 e os 60 anos.

Miguel Sousa Neves: De oftalmologista “por acaso” a gestor galardoado

Miguel Sousa Neves: De oftalmologista “por acaso” a gestor galardoado

O HealthNews conversou com o nono galardoado do Prémio de Gestão dos Serviços de Saúde, atribuído pela Ordem dos Médicos, sobre a sua carreira, os gestores na saúde, a direção executiva do SNS e as prioridades em Portugal. Miguel Sousa Neves, que nasceu no Zimbabué e passou por Inglaterra antes de se fixar em Portugal, é oftalmologista “por acaso”, mas não foi por acaso que o seu trabalho foi distinguido no passado dia 9 de novembro.

ÚLTIMAS

Guadalupe Simões: Quantidade de atos “não se traduz em acompanhamento com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”

Esta sexta-feira, Guadalupe Simões, dirigente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, criticou a escolha do Governo de pagar pela quantidade de atos. “Quando o Governo diz que dá incentivos ou que dá suplementos financeiros se fizerem mais intervenções cirúrgicas, se tiverem mais doentes nas listas, se operarem mais doentes no âmbito dos programas do SIGIC, se, se, se, está sempre a falar de quantidade de atos, que não se traduz em acompanhamento das pessoas com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”, explicou ao HealthNews.

Guadalupe Simões: “Reunião apenas serviu para o Ministério da Saúde promover essa chantagem tentando que nós suspendêssemos a greve”

A reunião entre o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) e o Ministério da Saúde “correu muito mal”. Na quinta-feira, “o Ministério da Saúde procurou chantagear o sindicato dizendo que só negociava se a greve fosse suspensa”, contou ao HealthNews Guadalupe Simões, dirigente do SEP, que, por esse motivo, pelos enfermeiros, pelos doentes e pelo SNS, espera que haja uma forte adesão à greve nacional de 2 de agosto.

MAIS LIDAS

OPINIÃO

Guadalupe Simões: Quantidade de atos “não se traduz em acompanhamento com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”

Guadalupe Simões: Quantidade de atos “não se traduz em acompanhamento com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”

Esta sexta-feira, Guadalupe Simões, dirigente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, criticou a escolha do Governo de pagar pela quantidade de atos. “Quando o Governo diz que dá incentivos ou que dá suplementos financeiros se fizerem mais intervenções cirúrgicas, se tiverem mais doentes nas listas, se operarem mais doentes no âmbito dos programas do SIGIC, se, se, se, está sempre a falar de quantidade de atos, que não se traduz em acompanhamento das pessoas com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”, explicou ao HealthNews.

Guadalupe Simões: “Reunião apenas serviu para o Ministério da Saúde promover essa chantagem tentando que nós suspendêssemos a greve”

Guadalupe Simões: “Reunião apenas serviu para o Ministério da Saúde promover essa chantagem tentando que nós suspendêssemos a greve”

A reunião entre o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) e o Ministério da Saúde “correu muito mal”. Na quinta-feira, “o Ministério da Saúde procurou chantagear o sindicato dizendo que só negociava se a greve fosse suspensa”, contou ao HealthNews Guadalupe Simões, dirigente do SEP, que, por esse motivo, pelos enfermeiros, pelos doentes e pelo SNS, espera que haja uma forte adesão à greve nacional de 2 de agosto.

Verified by MonsterInsights