França regista mais 531 mortos, total está quase 21.000 óbitos

21 de Abril 2020

Paris, 21 abr 2020 (Lusa) - A França registou 531 mortos nas últimas 24 horas em meio hospitalar e nos lares, perfazendo assim um total de 20.796 mortos desde o início da pandemia, anunciou hoje fonte oficial.

Paris, 21 abr 2020 (Lusa) – A França registou 531 mortos nas últimas 24 horas em meio hospitalar e nos lares, perfazendo assim um total de 20.796 mortos desde o início da pandemia, anunciou hoje fonte oficial.

Os números do avanço do vírus em França foram divulgados hoje na conferência de imprensa diária de Jérôme Salomon, diretor-geral da Saúde.

Desde 01 de março, em meio hospitalar morreram 12.900 pessoas e nos lares foram registados 7.896 óbitos no mesmo período.

Em França há 30.106 pessoas hospitalizadas devido à covid-19 e 5.433 destes pacientes estão nos cuidados intensivos.

Tanto o número de pessoas hospitalizadas como os pacientes em estado grave têm vindo a descer.

Jérôme Salomon reconheceu esta noite que as pessoas confinadas podem estar a passar por stress e ansiedade, indicando que há algumas soluções. Ligar aos mais próximos, manter o mesmo ritmo quotidiano e fazer coisas que dão prazer como ler foram algumas das sugestões deixadas pelo diretor-geral da Saúde francês.

A França registou 117.304 casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 172.500 mortos e infetou mais de 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Mais de 558 mil doentes foram considerados curados.

Lusa/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Luís Montenegro: “Concordo com a necessidade de valorizar a carreira dos bombeiros e estamos a trabalhar nisso”

Hoje, no debate sobre o estado da nação, o primeiro-ministro respondeu a Inês Sousa Real que concorda que é necessário valorizar a carreira dos bombeiros, mas o Governo está “a trabalhar nisso”, e garantiu que não está desatento à violência doméstica, tendo já avançado com um despacho para a criação de um grupo de trabalho “transversal” no âmbito do apoio à vítima.

Utentes do Médio Tejo elogiam nova Unidade Local de Saúde

Os utentes da saúde do Médio Tejo (CUMST) elogiaram na terça-feira os resultados obtidos com a nova Unidade Local de Saúde (ULS), que agrega a gestão dos cuidados primários e hospitalares, tendo defendido a divulgação dos dados do primeiro semestre.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights