Região de Lisboa e Vale do Tejo com mais de 90% dos casos registados hoje

3 de Junho 2020

Lisboa e Vale do Tejo (LVT) continua esta quarta-feira a região com mais novos casos de infeção pelo novo coronavírus, com 91,5% dos 366 casos reportados no país, segundo a […]

Lisboa e Vale do Tejo (LVT) continua esta quarta-feira a região com mais novos casos de infeção pelo novo coronavírus, com 91,5% dos 366 casos reportados no país, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Na terça-feira, LVT tinha 81,02% dos 195 novos casos reportados.

De acordo com o boletim divulgado esta quarta-feira, no último dia foram registados 11 óbitos, para um total de 1.447 desde o início da contagem em Portugal, 10 dos quais na região de Lisboa e um na do Norte, revelou a DGS.

Relativamente aos dados divulgados na terça-feira, LVT regista 335 novos casos, para um total de 11.493, o Norte, com 15 novos casos, representa 4,87% dos novos infetados, para um total de 16.804, o Centro, com 11, representa 3%, para 3.765, e o Algarve 1,09%, com quatro novos casos, para 372.

Não foram verificados novos casos no Alentejo, que se mantém com 260 infetados, e nos Açores existiu mais um infetado (0,27%) do que no dia anterior, apresentando agora um total de 138.

A Madeira, que no boletim de terça-feira apresentava um total de 91 infetados, esta quarta-feira apresenta 90, porque um caso divulgado na terça-feira foi hoje atribuído à zona Centro.

De acordo com a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, trata-se de um caso de dupla residência, um jovem da Madeira, mas que estuda no continente. Inicialmente, a Madeira considerou o caso um infetado na Madeira, importado do Continente, mas esta quarta-feira decidiu reportar o caso ao local onde verdadeiramente reside.

Portugal regista hoje 1.447 mortes relacionadas com a Covid-19, mais 11 do que na terça-feira, e 33.261 infetados, mais 366, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde.

Em comparação com os dados de terça-feira, em que se registavam 1.436 mortos, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 0,8% e de 1,1% nos casos de infeção.

Na Região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se tem registado maior número de surtos nas últimas semanas, há mais 335 casos de infeção (+2,9%).

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

IPG acolhe polo do Centro de Envelhecimento Ativo

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai acolher um polo do Centro de Competências de Envelhecimento Ativo, que irá desenvolver atividades para criar melhores condições de vida aos idosos da região.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights