Mais de 83% dos profissionais de saúde infetados recuperaram da doença

13 de Junho 2020

Mais de 83% dos profissionais de saúde infetados com covid-19 já recuperaram da doença, pelo que mais de 2.900 regressaram aos seus serviços, revelou hoje o secretário de Estado da Saúde.

António Lacerda Sales falava na conferência de imprensa diária sobre a pandemia do novo coronavírus, destacando a “boa notícia” e o “reforço de confiança no futuro e na retoma da normalidade das instituições saúde”.

“Mais de 83% dos profissionais de saúde infetados com covid-19 já recuperaram da doença, o que significa mais de 2.900 profissionais que não têm covid e regressaram aos seus serviços”.

A 13 de maio, o governante revelou existirem 3.183 profissionais de saúde infetados com o novo coronavírus, responsável pela covid-19, entre os quais 477 médicos e 838 enfermeiros.

Somam-se 774 assistentes operacionais, 152 assistentes técnicos e 107 técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica infetados, adiantou.

António Lacerda Sales também revelou que os dados acumulados apontam para 658 profissionais de saúde recuperados.

Portugal regista hoje 1.512 mortes relacionadas com a covid-19, mais sete do que na sexta-feira, e 36.463 infetados, mais 283, segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se tem registado o maior número de surtos, a pandemia de covid-19 atingiu os 14.622 casos confirmados, acima dos 14.407 casos totalizados até sexta-feira.

Já a região Centro contabiliza 3.868 casos confirmados, seguida pelo Algarve (393) e Alentejo (281).

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Esclerose Múltipla

Cristiana Lopes Martins, fisiatra nos hospitais de Portimão e Lagos (Unidade Local de Saúde do Algarve) e na Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano; Eduarda Afonso, fisiatra no hospital de Faro (Unidade Local de Saúde do Algarve)

Enfermeiros querem reunir com António Gandra d’Almeida

O Sindicato Nacional dos Enfermeiros (SNE) saudou esta quarta-feira a eleição de António Gandra d’Almeida como novo diretor executivo do Serviço Nacional de Saúde. Em declarações ao nosso jornal, o responsável afirmou que vai solicitar uma reunião com António Gandra d’Almeida e a nova equipa.

Fernando Araújo: Autorizações para contratar médicos “têm demorado menos que três dias úteis”

Na comissão parlamentar de Saúde, esta quarta-feira, Fernando Araújo apresentou os feitos da reforma do Serviço Nacional de Saúde e da equipa que liderou enquanto diretor executivo. A reforma “tem conseguido alterar esta burocracia, estes patamares administrativos, estes tempos que eram incomportáveis na gestão do SNS”, tendo decorrido com o envolvimento dos profissionais: “de baixo para cima”.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights