Empresários manifestam-se hoje pela reabertura de bares e discotecas

18 de Junho 2020

Os empresários da animação noturna realizam esta quinta-feira uma manifestação em protesto contra a demora do Governo em legislar sobre a reabertura de espaços como bares e discotecas, encerrados desde março no âmbito da pandemia da Covid-19.

A manifestação “O silêncio da noite… à procura de respeito e respostas” foi marcada através das redes sociais pelo coletivo “O silêncio da noite”, que junta proprietários de bares, discotecas, agência e artistas.

O protesto prevê uma concentração às 14:00 junto às Docas de Lisboa, seguida de uma caminhada até à Assembleia da República, para uma manifestação agendada para as 15:00.

No grupo criado para o efeito nas redes sociais mais de 250 perfis tinham assinalado até ao fim da tarde de quarta-feira que iriam participar no protesto.

“Depois de várias semanas de reivindicação, continuam a deixar-nos em silêncio. Continuamos a ter as cortinas fechadas e as despesas continuam a chegar. Chegou a hora de sermos ouvidos, de termos respostas, de termos apoios”, salientam os promotores, assegurando que “todas as normas de distanciamento social serão devidamente cumpridas”.

Tendo em vista a abertura do setor “com toda a segurança”, os empresários da animação noturna criaram, no início de junho, um grupo de trabalho com empresários de todo o país para apresentar soluções à Direção-Geral da Saúde e ao Governo.

Estas empresas, encerradas desde março, ficaram de fora do plano do Governo de desconfinamento progressivo, tendo o primeiro-ministro justificado esta medida com a impossibilidade de afastamento físico nas discotecas.

Em declarações à Lusa, Pedro Vieira, que integra o grupo de trabalho que reúne empresários de vários pontos do país, explicou então que, juntamente com a Associação de Hotelaria, Restauração e Similares (AHRESP), estão a ser trabalhadas soluções e sugestões para apresentar à DGS e ao Governo, de forma a permitir a reabertura destes espaços.

Os dados da DGS indicam um total de 1.523 mortes relacionadas com a covid-19 e de 37.672 casos confirmados.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se tem registado o maior número de surtos, a pandemia de Covid-19 atingiu os 15.646 casos confirmados, mais 280 do que na terça-feira.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia promove reunião de Verão em Évora

Nos próximos dias 28 e 29 de junho, a Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV) realizará a sua Reunião de Verão no Hotel Vila Galé, em Évora. O evento é uma oportunidade para dermatologistas e profissionais da área compartilharem conhecimentos, debaterem os últimos avanços na especialidade e fortalecerem laços profissionais

SIM e Secretaria da Saúde dos Açores avançam em negociações para melhorar condições de trabalho dos médicos

Os Sindicatos Médicos e a Secretaria Regional da Saúde dos Açores (SRSA) estiveram reunidos no passado dia 4 para discutir questões relacionadas com condições de trabalho dos médicos na região. Embora a reunião não tenha resultado na implementação imediata de medidas específicas para a melhoria dessas condições, diversos aspetos do processo negocial foram revistos e acordados, prometendo tornar as futuras negociações mais céleres e eficazes.

Preveris é a nova marca de prevenção em saúde

A Preveris, uma empresa do Grupo CUF, resulta da união de duas marcas de sucesso: SAGIES e Atlanticare. Com uma experiência acumulada de mais de 50 anos e o legado de experiência, rigor e confiança do Grupo CUF, esta união representa a soma desse conhecimento, numa nova marca que se coloca ao serviço da prevenção, da saúde e do bem-estar das empresas portuguesas. Operadora líder de mercado no setor da saúde ocupacional em Portugal, a Preveris é responsável por servir 25 por cento das 100 maiores empresas que atuam no nosso país.  

ENSP NOVA e NTT DATA estabelecem parceria para potenciar a inovação em saúde

A Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade NOVA de Lisboa (ENSP NOVA) e a consultora global de negócio e tecnologia NTT DATA fornalizaram esta quarta-feira um protocolo de colaboração que vai permitir impulsionar a formação avançada, o desenvolvimento de investigação e projetos de inovação na área da saúde. O objetivo é promover avanços significativos no setor.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights