O emblema poveiro não divulgou os nomes dos atletas infetados, embora garantindo que estão “bem e assintomáticos e a cumprir o isolamento nas condições pré-definidas no plano de contingência estabelecido pela Direção-Geral da Saúde”.

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Mafra, da oitava jornada do campeonato, agendado para as 17:30 deste domingo, o técnico da formação da Póvoa de Varzim, Miguel Leal, confirmou os dois casos positivos, falando em “dois jogadores nucleares” para a equipa.

Além destes dois casos de covid-19, o Varzim já tinha tido um outro, em setembro, quando o defesa-central Luís Pedro testou positivo e teve de cumprir um período de quarentena.

A formação da Póvoa de Varzim ocupa, atualmente, o último lugar do campeonato, com cinco pontos, estando há seis jogos consecutivos sem vencer na prova, sendo que nos últimos quatro foi derrotada.

LUSA/HN

Share This