Testou positivo o lutador de sumo mais premiado do Japão

5 de Janeiro 2021

O lutador de sumo mais premiado da história deste desporto no Japão está infetado com o novo coronavírus, anunciaram hoje os responsáveis pela competição tradicional japonesa.

Hakuho, de 35 anos e natural da Mongólia, fez um teste depois de apresentar sintomas ligeiros e quando se preparava para o Grande Torneio de Ano Novo, cujo início está previsto no domingo, no país, indicou a Associação de Sumo do Japão.

A organização indicou que vai realizar mais testes aos lutadores que partilham instalações de treino com Hakuho, e vai tomar medidas caso sejam detetados mais contágios.

A notícia causou algum alarme no Japão por se tratar da maior estrela do sumo no ativo e depois de, em maio, ter morrido um lutador de 28 anos da quarta divisão da competição japonesa devido à Covid-19.

Hakuho é também o primeiro lutador da categoria máxima de sumo a apresentar um teste positivo para o novo coronavírus, uma circunstância que pode pôr em causa a celebração da primeira competição do ano.

Em março último, o lutador ganhou o 44.º torneio, um recorde neste desporto, e é também o “yokozuna” (grande campeão) que durante mais tempo manteve este título na história do sumo.

Tal como para outros desportos no Japão, os campeonatos nacionais de sumo foram retomados no verão passado, depois de terem sido suspensos devido à pandemia de Covid-19 e, desde então, têm decorrido com presença limitada de público.

A pandemia de Covid-19 provocou pelo menos 1.843.631 mortos resultantes de mais de 85 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Acordo com os médicos é só para alguns

Em declarações ao nosso jornal, o Secretário-geral do Sindicato Independente dos Médicos (SIM) admite que o acordo intercalar com o Governo para aumentos salariais destina-se a apenas alguns médicos. Jorge Roque da Cunha deixa um apelo à “amiga e colega” dirigente da Federação Nacional dos Médicos: “Subscrevam, ainda que sob protesto, este acordo”.

OMS pede mais esforços para salvar “um planeta doente”

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), que participará na 28.ª conferência das Nações Unidas sobre alterações climáticas (COP28), que começa esta quinta-feira, pediu aos líderes políticos mais esforços na conferência para salvar “um planeta doente”.

LBP entrega carta de protesto no Ministério da Saúde

A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) entrega esta quinta-feira no Ministério da Saúde uma carta de protesto para contestar a falta de medidas para responder aos constrangimentos nas urgências dos hospitais e aos problemas financeiros no transporte de doentes.

Aprovados CRI dos hospitais e regime de incentivos

O Governo aprovou o novo modelo de organização e funcionamento dos centros de responsabilidade integrados (CRI) do Serviço Nacional de Saúde e o regime de incentivos para os profissionais que vão integrar essas equipas.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights