Incidência acumulada de contágios na Alemanha volta a baixar

13 de Junho 2021

A incidência acumulada de contágios baixou outro ponto na Alemanha, para se situar em 17,3 casos em 100.000 habitantes em sete dias, segundo os dados divulgados hoje pelo Instituto Robert Koch (RKI) de virologia.

Este indicador estava no sábado em 18,3 contágios numa semana, enquanto no domingo anterior tinham sido registados 24,7 casos.

O pico da incidência acumulada foi alcançado em dezembro, com 197,6 infeções em 100.000 habitantes numa semana.

Nas últimas 24 horas, verificaram-se 1.489 contágios – face aos 2.440 do domingo anterior – e um total de 18 vítimas mortais devido à covid-19. Há uma semana foram 74.

Desde o início da pandemia, registaram-se na Alemanha 3,7 milhões de contágios, dos quais 3,5 milhões são pacientes recuperados, enquanto o número de mortes se eleva a 89.834.

Mais de um quarto da população, cerca de 25,7% ou 21,3 milhões de cidadãos – receberam já a vacinação completa e quase metade (48,1% ou 40 milhões de pessoas) tomou pelo menos uma dose.

A pandemia de provocou, pelo menos, 3.787.127 mortos no mundo, resultantes de mais de 175,1 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Guilherme Veríssimo: “A saúde começa pela boca”

A evidência científica comprova que a má saúde oral está diretamente relacionada com 23 doenças sistémicas, entre elas a diabetes e as doenças cardiovasculares, e cinco tipos de cancro. Esta realidade pode surpreender a maior parte da população, mas não os dentistas. Em entrevista ao nosso jornal, o Médico Dentista, Guilherme Veríssimo, frisa que a “saúde oral não se resume a uma questão estética”, deixando alguns alertas para a importância da correta higienização dos dentes. O médico dentista aproveitou ainda para desmistificar alguns dos principais mitos associados à doença peridontal.

INEM esclarece que chamadas via 112 são descentralizadas

O INEM esclareceu que as chamadas que dão entrada via 112 para o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) são descentralizadas, avançando que hoje de manhã estavam ao serviço 48 técnicos, 24 dos quais em atendimento.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights