Recondução de Marta Temido na Saúde é “escolha acertada” – Ordem dos Farmacêuticos

23 de Março 2022

O bastonário da Ordem dos Farmacêuticos (OF), Hélder Mota Filipe, considerou hoje “uma escolha acertada” a recondução de Marta Temido na pasta da Saúde, desejando-lhe as “maiores felicidades” nestes “tempos complicados” pós-pandémicos e de guerra.

“É uma notícia bastante agradável”, disse à agência Lusa Hélder Mota Filipe, contando que já tiveram oportunidade de trabalhar juntos noutras situações.

“Sei a competência dela, sei o seu envolvimento relativamente à saúde e o empenho que põe no desenvolvimento da saúde em Portugal, umas vezes teve mais sucesso e, agora olhando para trás, outras vezes menos, mas é sem dúvida alguém com quem terei todo o prazer em trabalhar agora como bastonário da Ordem dos Farmacêuticos”, declarou.

“[Quero] desejar-lhe as maiores felicidades que é o que todos nós precisamos e ela em particular nestes tempos complicados pós pandémicos e de guerra”, salientou.

Para o bastonário, “a saúde vai sofrer imenso” com este contexto.

“Tivemos a pandemia, deixámos os doentes não-covid significativamente para trás. Temos esse esforço todo que temos que compensar agora numa situação em que o SNS já estava com dificuldade de dar resposta e agora numa situação de guerra que do ponto de vista económico a da própria organização torna tudo ainda mais complicado”, vincou Hélder Mota Filie.

“O que temos que fazer é usar toda a capacidade disponível para tentar ao máximo recuperar a carga de doença que foi criada na pandemia numa situação que é muito, muito, complicada que é uma guerra na Europa”, defendeu o bastonário da OF.

Reconduzida hoje no cargo pelo primeiro-ministro António Costa, Marta Temido vai integrar um executivo pela terceira vez, depois de se ter estreado no Governo em outubro de 2018, na sequência da saída de Adalberto Campos Fernandes.

O Presidente da República aceitou hoje a lista de 17 ministros proposta por António Costa para o XXIII Governo.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Álcool mata 2,6 milhões de pessoas por ano

O álcool mata 2,6 milhões de pessoas por ano, alertou hoje a Organização Mundial da Saúde (OMS), considerando que este número permanece “inaceitavelmente elevado”, apesar da descida ligeira que tem registado nos últimos anos.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights