Utentes marcam vigília junto ao hospital do Barreiro para exigir mais médicos

28 de Novembro 2023

A Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Barreiro, no distrito de Setúbal, agendou para hoje uma vigília para exigir mais médicos, mais investimento e melhores salários para os profissionais de saúde, foi hoje anunciado.

A iniciativa decorre à porta do Centro Hospitalar Barreiro Montijo, unidade para quem a comissão reivindica mais médicos assim como para os Centros de Saúde do Arco Ribeirinho (Alcochete, Moita, Montijo e Barreiro).

“Todos os dias sentimos o desinvestimento crónico no Serviço Nacional de Saúde e diariamente surgem notícias que dão conta do estado em que este se encontra, a funcionar sem meios técnicos, materiais e humanos suficientes”, explica a comissão de utentes na convocatória para a ação de luta.

Antonieta Bodziony, da Comissão de Utentes do Arco Ribeirinho, explicou em declarações à agência Lusa que nos centros de saúde desta zona estão em falta 50 a 60 médicos de família.

No caso do Centro Hospitalar Barreiro Montijo, os utentes contestam os sucessivos encerramentos da urgência de pediatria e de obstetrícia.

O serviço de urgência pediátrica do hospital encontra-se encerrado desde as 09:00 de hoje e até o dia 04 de dezembro por deliberação da Direção Executiva do Serviço Nacional de Saúde.

“Não vamos parar de lutar. Se não for todos os dias é todas as semanas”, disse.

A esta ação juntam-se as várias Comissões de Utentes do Arco Ribeirinho, acompanhadas pela AMPM – Associação de Mulheres com Patologia Mamária, o MDM – Movimento Democrático de Mulheres e a União dos Sindicatos de Setúbal/CGTP-IN.

O Centro Hospitalar Barreiro Montijo foi criado em 01 de novembro de 2009 e integra o Hospital de Nossa Senhora do Rosário e o Hospital do Montijo.

Tem mais de 30 valências clínicas e uma área de influência que engloba os concelhos do Barreiro, Moita, Montijo e Alcochete, servindo uma população de mais de 219 mil habitantes, de acordo com os Censos de 2021.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

APAH defende autonomia após ministra anunciar auditoria

 A Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH) defendeu hoje autonomia para as administrações tomarem decisões, depois de a ministra da Saúde anunciar a criação de uma comissão para auditar os conselhos de administração dos hospitais.

Enfermeiros denunciam situação “explosiva” na Linha SNS 24

A Linha SNS 24 vive uma situação “explosiva” e, entre os enfermeiros que prestam serviço nesta linha de atendimento, já se fala em paralisação. A denúncia é feita pelo Sindicato dos Enfermeiros (SE), que teve conhecimento do caso por meio de uma exposição dos enfermeiros que ali prestam serviço, em tempo parcial.

Violência contra a pessoa idosa em debate

A Câmara Municipal de Ponta Delgada (São Miguel, Açores) promove na próxima sexta-feira, às 9h30, uma palestra subordinada ao tema da consciencialização da violência contra a pessoa idosa, isto na véspera do dia mundial que lhe é dedicado pela Organização das Nações Unidas.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights