China ordena confinamento de urgência de onze bairros de Pequim

13 de Junho 2020

As autoridades chinesas ordenaram hoje o confinamento de urgência de onze bairros de Pequim devido a um novo foco de coronavírus, temendo um ressurgimento da pandemia de covid-19 no país.

Os responsáveis do distrito de Fengtai, na capital da China, anunciaram a implementação de um “dispositivo de tempos de guerra”, após a deteção de sete casos de contaminação por covid-19 nas proximidades do mercado de Xifandi, seis dos quais hoje, de acordo com as autoridades sanitárias.

O mercado de peixe e mariscos foi encerrado pelas autoridades, a fim de permitir as operações de recolha de amostras e desinfeção, depois de ter sido visitado por uma das pessoas contaminadas.

Nove escolas e jardins de infância foram também encerrados nas redondezas do mercado.

A China registou nas últimas 24 horas onze novos casos da covid-19, cinco dos quais provenientes do exterior e seis localmente, todos na capital Pequim, informou hoje a Comissão de Saúde daquele país asiático.

Em Pequim já se tinha registado um caso de infeção local nas 24 horas anteriores, o primeiro em 55 dias e o primeiro caso de contágio local na China em 18 dias.

De acordo com os dados oficiais, desde o início da pandemia, a China registou 83.075 infetados e 4.634 mortos, devido à covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. Até ao momento, mais de 78.000 pessoas tiveram alta.

A pandemia de covid-19 já provocou quase 423 mil mortos e infetou mais de 7,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Portugal contabiliza pelo menos 1.505 mortos associados à covid-19 em 36.180 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

IPG acolhe polo do Centro de Envelhecimento Ativo

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai acolher um polo do Centro de Competências de Envelhecimento Ativo, que irá desenvolver atividades para criar melhores condições de vida aos idosos da região.

UC integra estudo mundial sobre aumento da obesidade

Mais de um bilião de pessoas vivem atualmente com obesidade no mundo, segundo um estudo internacional em que participaram investigadores da Universidade de Coimbra (UC), divulgou a instituição.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights