Lisboa e Vale do Tejo com 731 casos positivos após 14 mil testes em empresas

13 de Junho 2020

Dos mais de 14 mil testes de rastreio à covid-19 feitos na região de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo em empresas com risco de infeção, 731 casos (5%) deram positivo, revelou hoje o Governo.

“Relativamente à região de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, queria dar conta dos resultados do rastreio em empresas onde houve risco de infeção. Dos mais de 14 mil testes efetuados, 95% foram negativos”, observou o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, na conferência de imprensa diária sobre a pandemia.

O governante esclareceu que, dos 731 casos positivos resultantes deste rastreio, “muitos já foram considerados nos boletins epidemiológicos diários”.

“Os que poderão ainda não estar, por dificuldades de cruzamento de bases de dados, entrarão [no boletim] nos próximos dias”, afirmou, sem especificar quantos casos já foram contabilizados no relatório diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Lacerda Sales destacou o empenho das autoridades “em ter um melhor conhecimento da situação no terreno para melhor adequar a resposta à pandemia nas suas diferentes fases”.

Portugal regista hoje 1.512 mortes relacionadas com a covid-19, mais sete do que na sexta-feira, e 36.463 infetados, mais 283, dos quais 215 em Lisboa, segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje pela DGS.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se tem registado o maior número de surtos, a pandemia de covid-19 atingiu os 14.622 casos confirmados, acima dos 14.407 casos totalizados até sexta-feira.

Por sua vez, a região Norte continua a registar o maior número de infeções, com 17.066.

Já a região Centro contabiliza 3.868 casos confirmados, seguida pelo Algarve (393) e Alentejo (281).

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

IPG acolhe polo do Centro de Envelhecimento Ativo

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai acolher um polo do Centro de Competências de Envelhecimento Ativo, que irá desenvolver atividades para criar melhores condições de vida aos idosos da região.

UC integra estudo mundial sobre aumento da obesidade

Mais de um bilião de pessoas vivem atualmente com obesidade no mundo, segundo um estudo internacional em que participaram investigadores da Universidade de Coimbra (UC), divulgou a instituição.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights