Bolsas europeias em alta, mas preocupadas com novos surtos de covid-19

19 de Junho 2020

As principais bolsas europeias abriram hoje em alta, mas continuando muito pendentes dos novos surtos de covid-19 em todo o mundo, que podem pôr em risco o regresso da atividade e a recuperação económica.

Cerca das 08:55 em Lisboa, o EuroStoxx 600 subia 0,46% para 365,08 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt avançavam 0,32%, 0,61% e 0,37%, respetivamente, bem como as de Madrid e Milão, que avançavam 0,46& e 0,60%.

Depois de ter aberto em alta, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 08:55, o principal índice, o PSI20, subia 0,39% para 4.445,71 pontos.

As bolsas europeias estão em alta, mas receosas com os novos casos de covid-19, principalmente na China, designadamente em Pequim, em alguns Estados dos Estados Unidos, como Arizona, Texas e Califórnia, bem como na Alemanha, e preocupados com os novos focos de risco geopolítico (Coreia do Norte e do Sul ou o surto de violência na fronteira entre a China e a Índia).

Neste contexto foram reavivadas as tensões entre Washington e Pequim depois do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter advertido de que a dissociação económica total entre os dois países continuava a ser uma opção.

Os investidores estão hoje pendentes dos dados da Balança de Pagamentos da zona euro e do início da reunião do Eurogrupo, que vai estudar a proposta da Comissão Europeia de criar um Fundo de Recuperação no valor de 750 milhões de euros.

Isto depois de na quinta-feira, o Banco de Inglaterra ter mantido a taxa de juro no Reino Unido em 0,1%, mas aumentado o programa de flexibilização da compra de dívida pública e privada em mil milhões de libras para 745 mil milhões de libras e do Banco Central Europeu (BCE) ter concedido um montante recorde de 1.308 mil milhões de euros a três anos a 742 bancos da zona euro, na quarta operação de financiamento a longo prazo com o objetivo de emprestarem às empresas e às famílias.

Na quinta-feira, a bolsa de Nova Iorque terminou com o Dow Jones a cair 0,15% para 26.080,10 pontos, contra 29.551,42 pontos em 12 de fevereiro, atual máximo desde que foi criado em 1896.

Em sentido contrário, o Nasdaq fechou a avançar 0,33% para 9.943,05 pontos, contra o atual máximo de 9.817,18 pontos em 19 de fevereiro.

A nível cambial, o euro abriu hoje em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1217 dólares, contra 1,1194 dólares na quinta-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em agosto também abriu com tendência positiva, a cotar-se a 42,09 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 41,51 dólares na quinta-feira.

R/HN/Lusa

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Obesidade e Cancro: Investir em saúde, para poupar na doença

Prof. Dr. Gil Faria: Cirurgião especialista em Cirurgia da Obesidade e Metabolismo; Coordenador dos Centros de Tratamento da Obesidade do Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, e do Grupo Trofa Saúde; Professor da FMUP; Investigador clínico na área da Cirurgia Metabólica e Obesidade

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights