Enfermeiros querem justiça e cumprimento dos seus direitos no Hospital Santa Maria

24 de Junho 2020

Uma delegação do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses concentrou-se esta quarta-feira em frente ao Hospital de Santa Maria, em Lisboa, para reclamar por justiça e exigir ao Centro Hospitalar Lisboa Norte (CHULN) o cumprimento dos seus direitos.

“Nós só pedimos justiça para aquilo que é nosso”, disse à agência Lusa a enfermeira Isabel Barbosa, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP).

O protesto é para “lembrar às pessoas que os enfermeiros sempre cumpriram com toda a sua responsabilidade, mesmo com a falta de condições de trabalho, nomeadamente de carência de profissionais”, adiantou Isabel Barbosa

“Sempre ali estiveram nomeadamente nesta altura da pandemia e em que foi visível a importância dos enfermeiros”, sublinhou a sindicalista.

Com o protesto, a delegação do SEP pretendeu “assinalar o incumprimento” do Centro Hospitalar Lisboa Norte, que se comprometeu com o sindicato “em duas matérias que são muito sensíveis aos enfermeiros” e que “não cumpriu, vincou.

Uma das matérias diz respeito ao compromisso dado pelo conselho de administração do CHULN de contabilizar todos “os justos e legais pontos” para efeitos de progressão de carreira numa reunião realizada em 12 de novembro de 2018 e que não cumpriu, adiantou.

“Mais recentemente, em 2019, comprometeu-se a pagar uma dívida aos enfermeiros com contrato individual de trabalho (CIT) que diz respeito à tabela remuneratória” que também não cumpriu, salientou a dirigente sindical.

Em causa, segundo o SEP, está o facto de centro hospitalar se ter comprometido “a pagar retroativos/diferenciais aos enfermeiros com CIT que auferiam menos que a primeira posição remuneratória da grelha salarial da Carreira de Enfermagem entre 2013 e 2015 na reunião de 27 de janeiro de 2020”.

“É estas diferenças que estamos a reivindicar e que administração se comprometeu e neste momento recuou”, salientou Isabel Barbosa, adiantando que pediram uma reunião à administração em março, altura em que se colocou a questão da pandemia, mas mesmo assim os enfermeiros estiveram “disponíveis, mas não reuniram”, e reforçaram o pedido este mês, estando a aguardar resposta.

Em comunicado, O SEP considera esta situação “inadmissível” e que os enfermeiros do CHULN se sentem “defraudados”, exigindo “a justa contagem de pontos para efeitos de progressão a todos os enfermeiros, a urgente admissão de enfermeiros e o pagamento de retroativos/diferenciais aos enfermeiros com CIT”.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia promove reunião de Verão em Évora

Nos próximos dias 28 e 29 de junho, a Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV) realizará a sua Reunião de Verão no Hotel Vila Galé, em Évora. O evento é uma oportunidade para dermatologistas e profissionais da área compartilharem conhecimentos, debaterem os últimos avanços na especialidade e fortalecerem laços profissionais

SIM e Secretaria da Saúde dos Açores avançam em negociações para melhorar condições de trabalho dos médicos

Os Sindicatos Médicos e a Secretaria Regional da Saúde dos Açores (SRSA) estiveram reunidos no passado dia 4 para discutir questões relacionadas com condições de trabalho dos médicos na região. Embora a reunião não tenha resultado na implementação imediata de medidas específicas para a melhoria dessas condições, diversos aspetos do processo negocial foram revistos e acordados, prometendo tornar as futuras negociações mais céleres e eficazes.

Preveris é a nova marca de prevenção em saúde

A Preveris, uma empresa do Grupo CUF, resulta da união de duas marcas de sucesso: SAGIES e Atlanticare. Com uma experiência acumulada de mais de 50 anos e o legado de experiência, rigor e confiança do Grupo CUF, esta união representa a soma desse conhecimento, numa nova marca que se coloca ao serviço da prevenção, da saúde e do bem-estar das empresas portuguesas. Operadora líder de mercado no setor da saúde ocupacional em Portugal, a Preveris é responsável por servir 25 por cento das 100 maiores empresas que atuam no nosso país.  

ENSP NOVA e NTT DATA estabelecem parceria para potenciar a inovação em saúde

A Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade NOVA de Lisboa (ENSP NOVA) e a consultora global de negócio e tecnologia NTT DATA fornalizaram esta quarta-feira um protocolo de colaboração que vai permitir impulsionar a formação avançada, o desenvolvimento de investigação e projetos de inovação na área da saúde. O objetivo é promover avanços significativos no setor.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights