Costa acompanha “frustração” de Medina mas defende que meios estão a ser reforçados

1 de Julho 2020

O primeiro-ministro desdramatizou hoje as críticas do presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, ao combate à covid-19 na região da capital, afirmando que acompanha a "frustração dos autarcas", mas defendendo que os meios estão a ser reforçados.

António Costa falava em declarações aos jornalistas, no Castelo de Elvas, no distrito de Portalegre, tendo ao seu lado o presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, após as cerimónias oficiais que assinalaram a reabertura da fronteira entre Portugal e Espanha em que também estiveram presentes o rei de Espanha, Filipe VI, e o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Confrontado com as críticas feitas por Fernando Medina à forma como as autoridades de saúde estão a gerir e a combater a pandemia da covid-19 na Área Metropolitana de Lisboa, o primeiro-ministro optou por desdramatizar.

“O trabalho conjunto está a ser feito. Eu tenho acompanhado a frustração de muitos dos autarcas, mas também a vontade de trabalharem em conjunto com o Governo e de apoiarem o Governo nas medidas que temos vindo a tomar em conjunto com eles”, respondeu António Costa.

Perante os jornalistas, o líder do executivo disse estar “bem consciente” dos problemas existentes em algumas zonas da Área Metropolitana de Lisboa, razão pela qual “há cerca de semana e meia reuniu-se juntamente com a ministra da Saúde [Marta Temido] com os presidentes de câmaras de Sintra, Amadora, Lisboa, Odivelas e Loures.

Neste contexto, António Costa referiu-se à ação da sua ministra da Saúde, apontando que já nessa altura tinha designado um gabinete de crise para o conjunto dos concelhos”.

“Ninguém tem dúvidas de que é necessário reforçar a atividade. Por isso, nas últimas semanas, houve um esforço muito grande no sentido de reforçar os meios humanos da saúde pública nesta região e estão constituídas equipas multidisciplinares envolvendo pessoal da saúde comunitária, da saúde pública, da Segurança Social e das forças de segurança. Procura-se não apenas para acompanhar as pessoas que estão sob vigilância, mas também assegurar uma resposta pronta”, sustentou o primeiro-ministro.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia promove reunião de Verão em Évora

Nos próximos dias 28 e 29 de junho, a Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV) realizará a sua Reunião de Verão no Hotel Vila Galé, em Évora. O evento é uma oportunidade para dermatologistas e profissionais da área compartilharem conhecimentos, debaterem os últimos avanços na especialidade e fortalecerem laços profissionais

SIM e Secretaria da Saúde dos Açores avançam em negociações para melhorar condições de trabalho dos médicos

Os Sindicatos Médicos e a Secretaria Regional da Saúde dos Açores (SRSA) estiveram reunidos no passado dia 4 para discutir questões relacionadas com condições de trabalho dos médicos na região. Embora a reunião não tenha resultado na implementação imediata de medidas específicas para a melhoria dessas condições, diversos aspetos do processo negocial foram revistos e acordados, prometendo tornar as futuras negociações mais céleres e eficazes.

Preveris é a nova marca de prevenção em saúde

A Preveris, uma empresa do Grupo CUF, resulta da união de duas marcas de sucesso: SAGIES e Atlanticare. Com uma experiência acumulada de mais de 50 anos e o legado de experiência, rigor e confiança do Grupo CUF, esta união representa a soma desse conhecimento, numa nova marca que se coloca ao serviço da prevenção, da saúde e do bem-estar das empresas portuguesas. Operadora líder de mercado no setor da saúde ocupacional em Portugal, a Preveris é responsável por servir 25 por cento das 100 maiores empresas que atuam no nosso país.  

ENSP NOVA e NTT DATA estabelecem parceria para potenciar a inovação em saúde

A Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade NOVA de Lisboa (ENSP NOVA) e a consultora global de negócio e tecnologia NTT DATA fornalizaram esta quarta-feira um protocolo de colaboração que vai permitir impulsionar a formação avançada, o desenvolvimento de investigação e projetos de inovação na área da saúde. O objetivo é promover avanços significativos no setor.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights