México com 232 mortes e 4.614 casos nas últimas 24 horas

7 de Setembro 2020

O México registou 232 mortes provocadas pelo novo coronavírus e 4.614 novos casos nas últimas 24 horas, segundo as autoridades de Saúde mexicanas, que apontam para uma redução no número de infeções nas últimas semanas.

“Temos cada vez menos casos por semana e há seis semanas consecutivas que temos uma redução no número de casos”, disse o subsecretário da Prevenção e Promoção da Saúde, Hugo López-Gatell, citado pela agência de notícias espanhola Efe.

Desde o início da pandemia, o país contabilizou 67.558 óbitos e 634.023 infeções de covid-19.

As autoridades sanitárias informaram ainda que há 82.215 casos suspeitos à espera do resultado de testes laboratoriais.

Com uma população de 130 milhões de habitantes, o México é o quarto país do mundo com mais mortes provocadas pelo novo coronavírus, depois dos Estados Unidos, Brasil e Índia, e o oitavo com mais casos confirmados, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 880.396 mortos e infetou mais de 26,9 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

Em Portugal, morreram 1.840 pessoas das 60.258 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Relatório de saúde STADA 2024: sistemas de saúde na Europa precisam de reformas urgentes

Os sistemas de saúde europeus estão em crise e necessitam de uma reforma urgente, revela o Relatório de Saúde da STADA 2024. Este inquérito representativo, que envolveu cerca de 46.000 entrevistados em 23 países europeus, destaca que os sistemas de saúde não conseguem atender adequadamente às necessidades de muitos europeus, levando-os a assumir a responsabilidade pela sua própria saúde.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights