Hospital de Aveiro com 7 doentes nos intensivos e 157 em enfermaria

25 de Janeiro 2021

O Centro Hospitalar do Baixo Vouga (CHBV), que agrega os hospitais de Aveiro, Águeda e Estarreja, tem hoje sete doentes infetados com SARS-CoV-2 na Unidade de Cuidados Intensivos e 157 em enfermaria, divulgou a instituição.

De acordo com o ponto de situação da administração hospitalar, referente à manhã do dia de hoje, desses sete doentes internados na Unidade de Cuidados Intensivos, quatro têm entre os 60 e os 69 anos, sendo que três são do sexo masculino e um do sexo feminino.

A administração do CHBV informou ainda que, no sábado e no domingo, foram realizados 210 testes à covid-19 e 31 tiveram resultado positivo.

Na sexta-feira, o conselho de administração do CHBV revelou que tinha 103 profissionais de saúde infetados com covid-19

“São, neste momento, 103 os profissionais infetados ativos, sendo que, destes, 57 são enfermeiros, 35 assistentes operacionais, sete médicos e os restantes quatro de outras categorias profissionais”, descreveu.

No mesmo dia, estavam 147 doentes internados em enfermaria e nove internados na Unidade de Cuidados Intensivos.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.129.368 mortos resultantes de mais de 99,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 10.469 pessoas dos 636.190 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Estudo propõe critérios para atualização periódica do pagamento da hemodiálise

O estudo “Preço compreensivo da hemodiálise em Portugal”, do especialista em economia da saúde Eduardo Costa, conclui que a introdução de um modelo dinâmico de preço compreensivo e a eventual revisão do modelo de gestão integrada da doença renal crónica serão instrumentos cruciais para garantir a continuidade da excelência dos cuidados de hemodiálise.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights