Macau destrói 720 quilos de leite oriundos de Hong Kong

1 de Março 2022

As autoridades de Macau destruíram "720 quilogramas de leite de Hong Kong", depois de encontrarem vestígios do novo coronavírus no invólucro de plástico da embalagem, anunciaram hoje as autoridades.

A testagem foi realizada na noite de segunda-feira, durante uma inspeção regular de importação de alimentos, acrescentou o Instituto de Assuntos Municipais (IAM) em comunicado.

O IAM sublinhou que “vai reforçar a limpeza e desinfeção das embalagens exteriores de frutas e alimentos da cadeia de frio importados do exterior, e aumentar o número de amostras recolhidas para testes”.

Atualmente, uma média de 100 mil caixas de alimentos congelados são desinfetadas semanalmente e 65 mil amostras de alimentos e frutas ambientais importados da cadeia de frio foram submetidas a testes de ácido nucleico para deteção do novo coronavírus, em 2021.

Os trabalhadores do setor alimentar da cadeia de frio são obrigados a submeterem-se a testes de ácido nucleico a cada 48 horas, indicou o IAM.

Na China, a companhia estatal dos correios China Post anunciou que vai submeter a testes para deteção da presença do coronavírus todas as cartas e as encomendas postais chegadas do estrangeiros para reduzir o risco de contágio, depois de as autoridades sanitárias terem atribuídos surtos recentes a contactos com correio internacional.

Desde o início da pandemia, Macau, que registou apenas 81 infetados com covid-19, tem seguido uma política de ‘zero casos’, à semelhança do que acontece na China.

A covid-19 provocou pelo menos 5.945.445 mortos em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência de notícias France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

A variante Ómicron, que se dissemina e sofre mutações rapidamente, tornou-se dominante no mundo desde que foi detetada pela primeira vez, em novembro, na África do Sul.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Projeto liderado pela ESEnfC vence Prémio Erasmus+

O projeto europeu de capacitação para a prática de cuidados de enfermagem multiculturais, “MulticulturalCare”, liderado pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC) e com coordenação da professora Ana Paula Monteiro, foi vencedor do Prémio Erasmus+ na categoria de Parcerias de Cooperação no Ensino Superior do ano 2023, foi anunciado na última terça-feira.

Sindepor vai impugnar concurso da ARS Norte

O Sindicato Democrático dos Enfermeiros (Sindepor) vai “contestar juridicamente a alteração súbita das regras de um concurso destinado à contratação de 61 enfermeiros para a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte”, divulgou hoje o Sindepor.

Número de mortos em esfaqueamento na Austrália sobe para seis

O número de vítimas mortais do esfaqueamento que ocorreu hoje num movimentado centro comercial em Sidney, na Austrália, subiu de cinco para seis, depois de um dos feridos hospitalizados ter sucumbido aos ferimentos, confirmou a polícia australiana.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights