Governo não altera regras devido a nova estirpe mas reitera que este é um Natal diferente

22 de Dezembro 2020

O Governo decidiu hoje manter as medidas previstas para o Natal e o Ano Novo, apesar da nova estirpe do coronavírus, apelando a que as “festividades natalícias tenham o menor número de pessoas possível” e ao cumprimento das regras.

No briefing após o Conselho de Ministros de hoje, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, foi questionada sobre se o Governo ponderou alterar as regras para o próximo estado de emergência, que abrange o Natal e o Ano Novo, depois da descoberta de uma nova variante do coronavírus no Reino Unido.

“Neste momento, não alteramos as regras”, respondeu a ministra, depois de recordar que “relativamente à nova estripe, o Governo tomou, no domingo, as decisões que julgou adequadas”.

Assim, lembrou Mariana Vieira da Silva, o Governo decidiu pela “possibilidade de entrada em voos do Reino Unido para Portugal apenas para cidadãos nacionais ou residentes em Portugal, exigindo a esses cidadãos que tivessem um teste negativo e que o apresentassem à entrada”.

No entanto, a ministra aproveitou para reiterar “a mensagem de que este Natal é um Natal muito diferente de todos os outros” e que “cabe a todos” a proteção das famílias e da comunidade.

Mariana Vieira da Silva deixou um apelo: “que cumpram as regras já sobejamente conhecidas de todos e que as festividades natalícias tenham o menor número de pessoas possível, restringindo ao máximo o nosso contacto com as pessoas no período até ao Natal, no período de Natal e no período após o Natal, com as regras que, entretanto, atualizamos para o Ano Novo”.

A Comissão Europeia recomendou hoje aos Estados-membros que estabeleçam de forma coordenada as restrições de viagens com o Reino Unido na sequência da deteção da nova variante da covid-19, preservando as ligações essenciais e as cadeias de fornecimento.

Cerca de 50 países e territórios suspenderam a entrada de viajantes provenientes do Reino Unido após a descoberta de uma nova variante do coronavírus em território britânico.

As restrições podem estender-se a outros países onde a nova estirpe foi detetada, como África do Sul e Dinamarca.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights