26/12/2020 | Covid 19, Mundo, Notícias

Incêndio em hospital no Egito mata sete doentes com novo coronavírus

Sete doentes com o novo coronavírus morreram hoje num incêndio numa unidade de cuidados intensivos de um hospital no Egito, disseram as autoridades.

O incêndio no hospital em Obour, nos subúrbios do Cairo, feriu ainda pelo menos cinco outros doentes, que foram transportados juntamente com outros pacientes para hospitais nas redondezas, indicou a polícia.

Os bombeiros já apagaram o incêndio, cuja causa está a ser investigada pela polícia.

Segundo o diário estatal al-Ahram, a investigação inicial atribui o fogo a um curto-circuito.

Um incêndio semelhante ocorreu num hospital de Alexandria em junho, matando sete doentes de covid-19 e ferindo um. Um outro, em maio, num centro de isolamento para infetados com o novo coronavírus no Cairo, não causou vítimas.

O Egito tem registado um aumento de contágios, forçando o Governo a reabrir hospitais, para tratar e isolar os doentes com covid-19.

O Ministério da Saúde anunciou hoje que na sexta-feira se registou o maior número diário de casos, 1.113, e 49 mortes.

Com estes, o balanço total ascende a mais de 130.126 infetados desde o início da pandemia, incluindo pelo menos 7.309 mortos.

A pandemia de covid-19, transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019 na China, provocou pelo menos 1.743.187 mortos resultantes de mais de 79,3 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço da agência France-Presse.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Share This