EUA com 3.882 mortos e 234.920 casos nas últimas 24 horas

15 de Janeiro 2021

Os Estados Unidos contabilizaram 3.882 mortes provocadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, além de 234.920 novos casos, segundo uma contagem independente da Universidade Johns Hopkins.

Desde o início da pandemia, os EUA acumularam mais de 23,2 milhões de casos confirmados (23.282.329) e 388.159 mortos.

Os Estados Unidos são o país com mais mortes provocadas pelo novo coronavírus SARS-Cov-2, responsável pela Covid-19, e também com mais casos de infeção.

O Presidente eleito norte-americano, Joe Biden, que toma posse em 20 de janeiro, pretende aplicar 1,9 biliões de dólares em medidas de aceleração da vacinação para a Covid-19 e assistência financeira a indivíduos e empresas, anunciou o democrata na quinta-feira (madrugada de sexta em Portugal).

Em relação à vacinação, o objetivo é atingir 100 milhões de vacinas nos primeiros 100 dias da nova administração, de forma a permitir reabrir a maioria das escolas até à primavera.

O plano de Biden prevê ainda o aumento do pessoal médico em 100 mil pessoas e dos testes de despistagem de Covid-19, para o que estão reservados cerca de 50 mil milhões de dólares.

A pandemia de Covid-19 provocou pelo menos 1.979.596 mortos resultantes de mais de 92,3 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

IPG acolhe polo do Centro de Envelhecimento Ativo

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai acolher um polo do Centro de Competências de Envelhecimento Ativo, que irá desenvolver atividades para criar melhores condições de vida aos idosos da região.

UC integra estudo mundial sobre aumento da obesidade

Mais de um bilião de pessoas vivem atualmente com obesidade no mundo, segundo um estudo internacional em que participaram investigadores da Universidade de Coimbra (UC), divulgou a instituição.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights