Todos os utentes e maioria dos funcionários infetados em lar de Vinhais

15 de Janeiro 2021

Os 32 utentes do lar de idosos de Agrochão, uma aldeia do concelho de Vinhais, no distrito de Bragança, testaram positivo para o novo coronavírus, assim como 17 dos 22 funcionários, informou hoje a direção da instituição.

Nenhum dos utentes necessita, até ao momento, de cuidados reforçados nem internamento hospitalar e os funcionários com teste positivo decidiram “voluntariamente” manter-se a trabalhar, sem sair do lar, até a situação normalizar, disse à Lusa o padre Paulo Pimparel, presidente da instituição.

A Estrutura Residencial para Idosos (ERPI), onde se confirmaram um total de 49 infetados, faz parte do Centro Social Paroquial São Mamede de Agrochão e dá ainda resposta de apoio domiciliário a 37 pessoas, que não foram afetadas.

Nos beneficiários de apoio domiciliário estão incluídos os utentes de centro de dia, encerrado desde o início da pandemia.

O presidente do centro explicou à Lusa que não foi necessário recorrer às equipas de intervenção rápida da Segurança Social devido à disponibilidade de as funcionários infetadas se manterem no lar.

As cinco funcionárias que testaram negativo encontram-se em isolamento, em casa, imposto pelas autoridades de saúde.

“Ao mesmo tempo, esta medida serve também para proteção das famílias das funcionárias e contribui para evitar que o vírus se propague na comunidade”, considerou.

Paulo Pimparel disse ainda que está a haver uma articulação entre instituições locais, desde autarquias, junta de freguesia e entidades estatais.

A parceria permitiu não interromper também o apoio domiciliário que passou a ser assegurado por outros dois centros parceiros do concelho, o de Ervedosa e Vila Boa de Ousilhão.

O centro paroquial de Agrochão continua também a assegurar as refeições às oito crianças que frequentam o infantário e a escola básica, com a ajuda de um funcionário da Câmara de Vinhais na distribuição.

O surto foi detetado depois de a diretora técnica ter feito um teste, por conta própria, no último fim de semana, com resultado positivo.

Paulo Pimparel contou que a mesma transmitiu a informação na segunda-feira e imediatamente o centro contactou as autoridades de saúde que, no dia seguinte, terça-feira testaram toda a comunidade da instituição.

“Depois de dez meses de pandemia, em que não aconteceu nada nesta casa, tínhamos a vacina à porta e acontece isto”, desabafou o presidente do centro paroquial.

Este surto representa a maioria dos 71 casos ativos confirmados no concelho de Vinhais pelas autoridades de saúde.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

IPG acolhe polo do Centro de Envelhecimento Ativo

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai acolher um polo do Centro de Competências de Envelhecimento Ativo, que irá desenvolver atividades para criar melhores condições de vida aos idosos da região.

UC integra estudo mundial sobre aumento da obesidade

Mais de um bilião de pessoas vivem atualmente com obesidade no mundo, segundo um estudo internacional em que participaram investigadores da Universidade de Coimbra (UC), divulgou a instituição.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights