Mangualde promove sessões de fisioterapia para a população idosa

20 de Abril 2022

A população idosa sem capacidade de deslocação e com carência financeira do concelho de Mangualde terá disponível sessões de fisioterapia promovidas pela Câmara Municipal, que anunciou hoje o projeto em parceria com instituições particulares de solidariedade social (IPSS).

“O Município de Mangualde em parceria com as IPSS do concelho encontra-se a desenvolver o projeto “Mobilidade +”. A iniciativa visa a reabilitação física e o envelhecimento ativo da população, através da prestação de serviços de fisioterapia”, afirma num comunicado.

Estas ações destinam-se “à população idosa sem capacidade de deslocação e com carência financeira” de forma a “promover o aumento da qualidade de vida e da mobilidade dos utentes em instituições de baixos recursos com isolamento demográfico”, refere a nota de imprensa.

A “Mobilidade +” tem como objetivo principal “a prestação de serviços de fisioterapia no âmbito da promoção da saúde com fisioterapeutas especializados em terapia manual e envelhecimento ativo”.

“As atividades desenvolvidas no projeto possibilitam que as populações idosas, sem capacidade de deslocação e sem rendimentos, usufruam de tratamentos que lhes permitam obter maior conforto de locomoção”, sublinha a Câmara.

O projeto arranca com “uma avaliação inicial, que vai ter continuidade ao longo do tempo”, e os profissionais farão “tratamentos individuais, classe de movimentos e orientação/capacitação”.

“Esta capacitação consiste em ensinar e adaptar às atividades da vida diária em condições clínicas específicas, nomeadamente, entre outros, AVC, Alzheimer e demências”, especifica a autarquia.

Isto para que “os utentes mantenham o nível de independência”, mas, também para “evitar a síndrome de imobilismo, promover o treino de marcha e equilíbrio, com diferentes graus de dificuldade, e prevenir e melhorar patologias do foro respiratório”.

“Este projeto, que abrange os utentes das instituições selecionadas para a sua implementação, integra uma visita semanal, com duração de uma hora e trinta minutos, onde são implementadas diversas atividades com foco na reabilitação física”, esclarece.

Neste sentido, e de forma a alcançar esta faixa etária, a Câmara Municipal de Mangualde (distrito de Viseu) definiu “as IPSS que se vão envolver no projeto, permitindo, também, identificar as pessoas com maior carência e dificuldades motoras”.

Participam no “Mobilidade +” o Centro de Dia de Chãs de Tavares, o Centro Social e Paroquial de Abrunhosa-a-Velha, a Associação de Solidariedade Social de Contenças de Baixo, o Centro Social de Fornos de Maceira Dão, o Centro Paroquial da Cunha Baixa e o Centro Paroquial de Alcafache.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

FNAM aponta quatro prioridades para reunião com o Governo

A presidente da Federação Nacional dos Médicos (FNAM) identificou hoje os salários, as 35 horas semanais, a integração dos médicos internos na carreira e as progressões como prioridades para o encontro da próxima sexta-feira com o Governo.

ULS de Braga certifica mais 35 profissionais no âmbito do Programa Qualifica AP

A Unidade Local de Saúde de Braga (ULS de Braga) finalizou, esta semana, o processo de certificação de mais 35 profissionais, no âmbito do Programa Qualifica AP, uma iniciativa desenvolvida em parceria com a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), através do Centro Qualifica AP.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights