México com 4.448 casos e 214 mortes nas últimas 24 horas

17 de Agosto 2020

O México registou 4.448 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, um dos valores mais baixos nas últimas semanas, segundo as autoridades de Saúde mexicanas, além de 214 mortes.

“Temos três semanas em que temos uma diminuição do número de casos diários. Imaginámos que os meios de comunicação social, que durante muitas semanas estiveram entusiasmados em dizer ‘números recorde de casos’, talvez hoje estejam entusiasmados em dizer ‘números recorde de diminuição'”, afirmou Hugo López-Gatell, subsecretário para a Prevenção e Promoção da Saúde, citado pela agência de notícias espanhola Efe.

Segundo as autoridades sanitárias mexicanas, o último balanço aponta para uma tendência de redução de novas infeções desde o início do mês, após um recorde diário de 9.556 casos registado em 01 de Agosto.

Desde o início da pandemia, o país contabilizou 522.162 casos de Covid-19 e 56.757 óbitos.

O México é o terceiro país do mundo com mais mortes provocadas pelo novo coronavírus, depois dos Estados Unidos (EUA) e Brasil, e o sétimo com mais casos confirmados, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 766 mil mortos e infetou mais de 21,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Luís Montenegro: “Concordo com a necessidade de valorizar a carreira dos bombeiros e estamos a trabalhar nisso”

Hoje, no debate sobre o estado da nação, o primeiro-ministro respondeu a Inês Sousa Real que concorda que é necessário valorizar a carreira dos bombeiros, mas o Governo está “a trabalhar nisso”, e garantiu que não está desatento à violência doméstica, tendo já avançado com um despacho para a criação de um grupo de trabalho “transversal” no âmbito do apoio à vítima.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights