Costa agradece ao Governo da Madeira e à FPF ajuda no tratamento de doentes

28 de Fevereiro 2021

O primeiro-ministro, António Costa, agradeceu hoje o auxílio do Governo Regional da Madeira e da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) no tratamento de doentes com covid-19, estendendo o agradecimento também aos profissionais de saúde por “todo o empenho”.

“Regressaram ao continente, com alta, os últimos doentes #COVID19 transferidos para a #Madeira, onde estiveram um mês no Hospital Dr. Nélio Mendonça. Agradeço ao @GovernoMadeira e todo o empenho dos profissionais de saúde que os acompanharam durante o processo de recuperação”, escreveu António Costa na sua página oficial na rede social Twitter.

O chefe do Governo também referiu, através de outro ‘tweet’, que “ontem [sábado] saiu a última doente #Covid19 da Casa dos Atletas que a Federação Portuguesa de Futebol transformou com a @saude_pt em estrutura de apoio e por onde passaram dezenas de utentes”, renovando os “agradecimentos à FPF por mais este exemplo e serviço prestado” a Portugal.

No sábado, o Serviço de Saúde da Madeira (Sesaram) indicou que dois doentes com covid-19 que foram transferidos no final de janeiro de Lisboa para o Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, já tiveram alta e regressaram ao continente.

Em 29 de janeiro, o Serviço de Saúde da Madeira recebeu três doentes com covid-19 em cuidados intensivos transferidos do Hospital Beatriz Ângelo (os dois que tiveram alta), em Loures, e do Centro Hospitalar Lisboa Ocidental (um utente que faleceu no dia 09 de fevereiro).

A transferência decorreu na sequência da disponibilidade manifestada pela Região Autónoma da Madeira para receber doentes críticos do Serviço Nacional de Saúde do continente, sendo que o transporte aéreo foi assegurado pelo Ministério da Defesa Nacional, através de um avião C130 da Força Aérea Portuguesa.

Um comunicado conjunto dos ministérios da Defesa e da Saúde esclareceu na altura que a operação contou com a “necessária autorização das respetivas famílias”.

No dia 15 de janeiro, a FPF disponibilizou a Casa dos Atletas, na Cidade do Futebol, ao Ministério da Saúde, para funcionar como unidade de retaguarda para doentes que necessitem de internamento e vigilância médica.

Uns dias depois, aquele organismo federativo anunciou que as instalações, cedidas por um período de oito semanas, já estavam a receber doentes com covid-19.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Exposição “Arte e Vida: Enfrentar a Esclerose Múltipla” de Emanuel Ribeiro abre em Lisboa

O artista Emanuel Ribeiro apresenta três das suas mais impactantes obras – “À Deriva”, “Grito Mudo” e “Libertação” – na exposição “Arte e Vida: Enfrentar a Esclerose Múltipla”. Organizada pela Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM), com o apoio da Merck e do El Corte Inglés (ECI), a exposição visa retratar as complexidades, desafios e triunfos da vida com esclerose múltipla.

Futuros nutricionistas enfrentam “tubarões” no Teatro Thalia

A NOVA Medical School vai trazer para a academia o conhecido modelo de captação de negócio ‘Shark Tank’, dia 28 de junho no Teatro Thalia, em Lisboa, proporcionando uma plataforma para os alunos finalistas da Licenciatura em Ciências da Nutrição se apresentarem ao mercado de trabalho.

Relatório de saúde STADA 2024: sistemas de saúde na Europa precisam de reformas urgentes

Os sistemas de saúde europeus estão em crise e necessitam de uma reforma urgente, revela o Relatório de Saúde da STADA 2024. Este inquérito representativo, que envolveu cerca de 46.000 entrevistados em 23 países europeus, destaca que os sistemas de saúde não conseguem atender adequadamente às necessidades de muitos europeus, levando-os a assumir a responsabilidade pela sua própria saúde.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights