Há 152 surtos ativos em Portugal e o índice de transmissibilidade é de 1,01

19 de Agosto 2020

Portugal tem atualmente 152 surtos de Covid-19 e um índice de transmissibilidade efetivo (o chamado Rt) de 1,01, revelou esta quarta-feira a ministra da Saúde em conferência de imprensa de atualização de informação sobre a pandemia.

De acordo com Marta Temido, existem 44 surtos na região Norte, seis na região do Centro, 74 surtos na região de Lisboa e Vale do Tejo, 15 na região do Alentejo e 13 na região do Algarve. O número hoje revelado representa uma redução face aos 161 surtos anunciados há uma semana.

Em relação ao índice de transmissibilidade efetivo, segundo o último cálculo do Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge, apurado para os dias 10 a 14 de agosto, situa-se em 1,01, “abaixo do apuramento de 1,04 de há dois dias”, esclareceu a governante na análise do boletim epidemiológico diário da Direção-geral da Saúde.

“A persistência destes índices acima de 1 merece-nos a maior atenção e a mensagem desta conferência é a manutenção do esforço de contenção e combate da doença no contexto daquilo que é a preparação do outono e inverno e no contexto do que sabemos ser um efeito internacional de números que se tendem a agravar, por força da maior movimentação das pessoas, e que só podem ser contrariados com o esforço de cada um de nós”, declarou Marta Temido.

Portugal regista hoje mais duas mortes por Covid-19 e 253 novos casos de infeção em relação a terça-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Sobre os dois óbitos, Marta Temido adiantou que uma das mortes foi de uma bebé de quatro meses “com outras patologias associadas” no Centro Hospitalar Lisboa Central, enquanto o outro óbito foi de um homem de 80 anos no Centro Hospitalar do Barreiro-Montijo.

Quanto à taxa de incidência, a ministra da Saúde indicou que para os últimos sete dias se situa nos 14,4 novos casos por 100 mil habitantes e em 27,7 novos casos por 100 mil habitantes para os últimos 14 dias.

Desde o início da pandemia até hoje registaram-se em Portugal 54.701 casos de infeção confirmados e 1.786 mortes.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Luís Montenegro: “Concordo com a necessidade de valorizar a carreira dos bombeiros e estamos a trabalhar nisso”

Hoje, no debate sobre o estado da nação, o primeiro-ministro respondeu a Inês Sousa Real que concorda que é necessário valorizar a carreira dos bombeiros, mas o Governo está “a trabalhar nisso”, e garantiu que não está desatento à violência doméstica, tendo já avançado com um despacho para a criação de um grupo de trabalho “transversal” no âmbito do apoio à vítima.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights