São Tomé e Príncipe com recorde de cinco mortos e cerca de mil infeções na última semana

O arquipélago de São Tomé e Príncipe registou na última semana cinco mortes associadas à covid-19 e 992 novas infeções pelo novo coronavírus, tendo atingido o recorde de 319 novos casos em um só dia, de acordo com os dados oficiais.

Segundo o Boletim Diário divulgado hoje pelo Ministério da Saúde, o arquipélago registou 24 infeções pelo SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, sendo 18 na ilha de São Tomé e seis infeções na ilha do Príncipe.

Os dados apontam ainda para um total de 1.613 testes realizados na semana entre 3 a 9 de janeiro, dos quais 992 foram positivos e 621 negativos.

O recorde de novas infeções (319) foi registado no sábado.

Na semana anterior tinham sido realizados 449 testes, dos quais 170 tiveram resultado positivo.

O arquipélago tem 1.059 pessoas sob vigilância – 986 em isolamento domiciliário e 19 internados, dos quais um em estado grave, na ilha de São Tomé e 55 pessoas em isolamento domiciliário na ilha do Príncipe.

No total, desde o início da pandemia, o país regista 4.916 casos de infeção, que resultaram em 63 mortos e 3.794 recuperados. São Tomé e Príncipe administrou 146.279 doses de vacina – 88.162 pessoas têm a primeira dose e 58.117 têm o esquema vacinal completo.

A covid-19 provocou 5.486.519 mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

Uma nova variante, a Ómicron, considerada preocupante e muito contagiosa pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, em novembro, foram notificadas infeções em pelo menos 110 países, sendo dominante em Portugal.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Share This